OPINIÃO
14/11/2014 09:34 -02 | Atualizado 26/01/2017 21:46 -02

Infográfico: os números da indústria de eventos no Brasil

A indústria de eventos no Brasil vai de vento em popa. É o que mostra o relatório "2º Dimensionamento Econômico do Setor de Eventos", elaborado pela Associação Brasileira das Empresas de Eventos (Abeoc) em parceria com o Sebrae.

A indústria de eventos no Brasil vai de vento em popa. É o que mostra o relatório "2º Dimensionamento Econômico do Setor de Eventos", elaborado pela Associação Brasileira das Empresas de Eventos (Abeoc) em parceria com o Sebrae.

Segundo o relatório divulgado no dia 14 de outubro, durante o ano de 2013 foram realizados 590 mil eventos no país, com um total de 202,2 milhões de participantes e R$ 209,2 bilhões em receitas - o equivalente a 4,32% do PIB do país no período. O valor representa também um crescimento de 460% em relação ao ano de 2001, utilizado como base no último levantamento equivalente.

A região Sudeste continua sendo o principal polo, abrigando 52% do total de eventos (305,7 mil) e 53% do público (106,2 milhões). O segundo lugar é dividido entre as regiões Nordeste, com 116,3 mil eventos (20% do total); e Sul, com 37,3 milhões de participantes (18% do total).

Em relação aos meios utilizados para divulgação e promoção, a internet definitivamente substituiu os canais tradicionais, o que confirma cada vez mais que a tendência no mercado de eventos é que os eventos bem sucedidos fiquem cada vez mais conectados à mídia social para obter sucesso na divulgação. Segundo o relatório, sites (84,4%), redes sociais (66,6%) e e-mail marketing (46,6%) são as três ferramentas mais utilizadas - vale destacar que todas essas funcionalidades são oferecidas gratuitamente em ferramentas como as oferecidas pela Eventioz. O mobile aparece na 12º posição, com 7,9% de participação e deve crescer nos próximos anos.

No total, estima-se que a indústria de eventos gere cerca de 7,5 milhões de empregos direta e indiretamente. Para chegar aos números, o relatório consultou 60 mil empresas do segmento. Para facilitar a compreensão dos dados, a Eventioz elaborou um infográfico com os números da pesquisa, que pode ser conferido abaixo. Já o relatório completo pode ser acessado no site da Abeoc.

Acompanhe mais artigos do Brasil Post na nossa página no Facebook.

Para saber mais rápido ainda, clique aqui.

TAMBÉM NO BRASIL POST:

Galeria de Fotos Países com maior liberdade econômica Veja Fotos