OPINIÃO
08/10/2014 12:38 -03 | Atualizado 26/01/2017 21:04 -02

"Não foi só por 20 centavos". Sei, conta outra

YASUYOSHI CHIBA via Getty Images
Brazilian President and candidate of Brazilian presidential election for the Workers Party (PT) Dilma Rousseff attends their last TV debate in Rio de Janeiro, Brazil, on October 2, 2014. The general election will be held on October 5, 2014. AFP PHOTO / YASUYOSHI CHIBA (Photo credit should read YASUYOSHI CHIBA/AFP/Getty Images)

Ou sobre como o gigante acordou, fez barulho e voltou a dormir. Cão que ladra não morde, já dizia o ditado.

O Brasil quer mudanças. O brasileiro organiza protestos, mobiliza multidões e vai às ruas para lutar por uma nova configuração política, mais limpa, democrática e participativa. O gigante acordou, fez barulho, destruiu alguns bens públicos e bradou contra os policiais fardados - tudo plenamente justificado, uma vez que acordou com fome e com raiva. Mas a revolução durou pouco. O gigante cansou e voltou a dormir.

O movimento "Fora Dilma", por sua vez, representa um grande salto para o fracasso. O gigante não só dormiu, como também perdeu a consciência. Pode até ser que ele acorde algum dia, mas já não será o mesmo. Ficará cada vez mais distante a possibilidade de voto em candidatos à imagem da Luciana Genro e do Eduardo Jorge.

Era por centavos, sim. Pois a luta por direitos é constante, não se esgota ao fim dos grandes atos de protesto. É um movimento que deveria ocorrer também (e principalmente) nas urnas eletrônicas, individualmente. Mas o tempo não para, como dizia Cazuza, e agora o discurso é polarizado. É oito ou oitenta.

Aécio representa mudança. Resta saber se a mudança que ele quer promover é compatível com as expectativas sociais. Para se ter uma ideia, basta lembrar que o seu partido apoia a redução da maioridade penal, prega o princípio da meritocracia e apoia a privatização. Creio que não é um bom começo, para dizer o mínimo.

Gostou? Acompanhe.

Acompanhe mais artigos do Brasil Post na nossa página no Facebook.


Para saber mais rápido ainda, clique aqui.

MAIS MANIFESTAÇÕES NO BRASIL POST:

Manifestações pacíficas e vazias no dia do último amistoso da Seleção