Opinião

#OFeminismoSouEu: campanha do Dia Internacional da Mulher

Estamos na semana do Dia Internacional da Mulher, data simbólica e importante para relembrar a todos a importância da luta do movimento feminista por direitos básicos infelizmente ainda não assegurados (como igualdade salarial, para citar apenas 1) e também para celebrar tantas coisas que hoje damos como óbvias e que somente foram possíveis graças a inúmeras mulheres que lutaram e lutam para que pudéssemos, por exemplo, sair por aí de calças e abandonar o espartilho!
Esta postagem foi publicada na plataforma, agora fechada, do Colaborador do HuffPost. Os colaboradores controlam seu próprio trabalho, que são postados livremente em nosso site. Se você precisa denunciar este artigo como abusivo, envie-nos um e-mail.

Estamos na semana do Dia Internacional da Mulher, data simbólica e importante para relembrar a todos a importância da luta do movimento feminista por direitos básicos infelizmente ainda não assegurados (como igualdade salarial, para citar apenas 1) e também para celebrar tantas coisas que hoje damos como óbvias e que somente foram possíveis graças a inúmeras mulheres que lutaram e lutam para que pudéssemos, por exemplo, sair por aí de calças e abandonar o espartilho!

Não é o objetivo desse post elaborar a respeito das origens desta data de conhecimento geral e um Google de distância de qualquer pessoa, mas sim, trazer um novo olhar sobre o movimento feminista e a importância histórica mas ainda tão atual do mesmo em nossas vidas. Por incrível que pareça ainda escutamos (de homens e mulheres) coisas como: "mas e o dia do homem"? e "malditas mulheres que queimaram o sutiã".

Humildemente então, para comemorar e celebrar, mas principalmente conscientizar sobre a importância desse dia, a Self em parceria com o Fotoverbe-se e o apoio da página Elas Também, está lançando a campanha #OFeminismoSouEu.

Não queremos flores e propagandas de cosméticos e produtos de limpeza que romantizem e estereotipem ainda mais as mulheres! Queremos que as pessoas, ao olharem essas fotos, reflitam à sua própria maneira sobre a importância e o significado do feminismo ontem e hoje para, quem sabe, olharmos para um futuro em que não precisaremos mais de movimentos.

Um futuro no qual seremos apenas pessoas com direitos e deveres e contribuindo para a sociedade respeitosa de todos os seus indivíduos.

Esta é a nossa humilde contribuição, com o olhar artístico encantador do Paulo Andrade e uma imensa boa vontade de modelos voluntárias e voluntários que acreditam que podem fazer a diferença!

E você? Topa este desafio? Que tal colocar na sua timeline uma foto sua que expresse o seu sentimento em relação a isso com a hashtag #OFeminismoSouEu ?

Vamos fazer essa campanha rodar o mundo e mostrar que o feminismo é necessário e é mais do que tudo EMPODERAMENTO, ESCOLHA, LIBERDADE E AMOR!

Post originalmente publicado em http://www.selfdh.com