OPINIÃO
12/07/2015 20:03 -03 | Atualizado 26/01/2017 22:40 -02

Comer com prazer ajuda a comer menos

A sensação de prazer ou de descoberta gustativa pode trazer uma recompensa similar a uma quantidade grande ou uma carga calórica vindo dos alimentos ricos em gordura, açúcar ou/e sal.

Alamy

Cada vez mais escutamos que precisamos controlar a comida e comer menos para evitar ganhar peso e conter a epidemia atual de obesidade e diabetes.

Para comer menos a proposta clássica é fazer dieta restritiva e evitar alimentos. Há até discursos falando que comida vicia e devemos evitar certos alimentos.

Hoje está claro que fazer dieta não funciona: 95% fracassam. Isso quer dizer que é normal fracassar e não é nada de ser fraco. Fazer dieta restritiva pode até colocar você no caminho de engordar mais.

Por favor, me acompanhe e veja que comida é comida. Comida é nossa aliada e não nossa inimiga. Comida é vida e saúde.

Como comer menos?

Na verdade há estudos que mostram que uma grande parte do nosso hábito de comer é automática e que não temos todo controle sobre ela.

Comer de maneira mais consciente, mais atenta a suas sensações de fome, saciedade e vontade, ajuda a comer menos.

Você leu bem: vontade.

Quando comemos com prazer e sem culpa comemos menos porque saímos satisfeitos mais cedo, ao contrário de comer com culpa um alimento proibido ou restringindo - que faz você comer mais.

Comer com prazer ajuda a ter menos problemas de peso.

Comer com prazer não é comer com gula. Comer com prazer é saborear sem culpa e com moderação. Parece difícil? Experimente!

Um novo estudo do centro americano de pesquisa Cornell Food & Brand Lab chega a conclusão que:

- Gostar de comer bem NÃO é associado à obesidade, é o contrário!

- Novas receitas e sabores diferentes podem ajudar a manter ou mesmo perder excesso de peso sem se sentir limitado por uma dieta restritiva.

Assim, a sensação de prazer ou de descoberta gustativa pode trazer uma recompensa similar a uma quantidade grande ou uma carga calórica vindo dos alimentos ricos em gordura, açúcar ou/e sal.

Neste estudo de 502 mulheres americanas foi observado que as participantes que provam com prazer uma maior variedade de alimentos "raros" têm uma alimentação mais saudável, são mais interessadas com a qualidade da alimentação, e também mais fisicamente ativas.

Além disso, as pessoas "gourmets" são muito mais propensas a ter amigos para jantar e compartilhar uma refeição - isso também é bem reconhecido como um fator de prevenção ao excesso de peso.

Provavelmente desde que o homem existe ele festeja com comida. O prazer de comer é essencial na vida e comer juntos é uma grande felicidade social. Comer bem, saboreando e sem culpa, com variedade e qualidade, é um dos principais fatores de um estilo de vida saudável.

Na prática, acrescente novos gostos que podem ajudar a reencontrar o prazer de comer nas refeições cotidianas. Compartilhe com seus amados, comer juntos é uma grande felicidade da vida! Comer melhor faz bem a saúde e ajuda no bem-estar!

Bon appétit!

Fonte: Obesity 1 JUL 2015 doi: 10.1002/oby.21154. Food neophiles: Profiling the adventurous eater

VEJA TAMBÉM:

Galeria de Fotos 8 alimentos para consumir antes ou depois de malhar Veja Fotos