OPINIÃO
26/11/2014 17:57 -02 | Atualizado 26/01/2017 21:52 -02

Robocop na internet

Nick Clements via Getty Images

Uma das coisas mais chatas que tem é colocar um código alfanumérico toda vez que queremos fazer um cadastro, ou comentar alguma coisa na internet. Ficamos sempre nos perguntando porque dessa preocupação, será que tem tantos robôs na internet?

A resposta está no Pinterest da Martha Gabriel, que vamos analisar aqui.

Em 2012 o tráfego de humanos respondia por 49% da navegação da internet, deixando 51% para os robôs, ou bots, para os íntimos, que são programas de internet que simulam ações humanas repetidamente.

Em 2013 os bots passaram a responder por 61,5% da navegação na internet, crescendo 21% em relação ao ano anterior. Isso deixa apenas 38,5% para os humanos.

E agora, como elaborar uma estratégia de marketing para atingir a minoria dos internautas, aqueles que são seres humanos e podem realmente ler nossos artigos, aqueles que podem comprar nossos produtos e serviços?

Bom, como é difícil distinguir se a navegação em nossos sites está sendo feita por robôs ou humanos, o jeito é torcer que esses robôs comecem a usar cartões de crédito, a pagar boletos e a criar vida própria para seguir, curtir, compartilhar e comentar nossos textos e imagens.

Acompanhe mais artigos do Brasil Post na nossa página no Facebook.


Para saber mais rápido ainda, clique aqui.

TAMBÉM NO BRASIL POST:

Você sabe que é viciado em redes sociais quando...