OPINIÃO
08/08/2014 09:22 -03 | Atualizado 26/01/2017 21:43 -02

As lojas virtuais no Brasil - sua estrutura

Independente do tamanho da empresa, no comércio eletrônico, todas concorrem no mesmo espaço, sendo importante a busca pela diferenciação para a conquista do espaço virtual.

Fuse via Getty Images

"Como estão estruturadas as lojas virtuais no Brasil? Qual plataforma usam? Quais formas de pagamento e exposição dos produtos na home page?" foram itens pesquisados pela Big Data Corporation, publicada no E-Commerce News.

Alguns resultados dessa pesquisa:

  • A maioria das lojas virtuais nacionais (52%) não usam nenhuma solução de vendas disponível no mercado, estruturando seus sistemas por conta própria.
  • São ponto com (.com) 48% dos domínios voltados ao comércio eletrônico nacional, ou seja, quase metade dos sites não está hospedada no Brasil (.com.br).
  • 20% tem links com mapas e posição geográfica, mostrando que são paginas virtuais de lojas que já existem fisicamente e que buscam uma presença online.
  • Para 40% das lojas virtuais o pagamento é terceirizado, feito via plataformas de pagamento online como PayPal, PagSeguro, Moip e Mercado Pago.
  • Metade das lojas oferecem menos de 10 produtos ao consumidor, mostrando a diversidade e especialização do ecommerce.

Analisando esses números podemos concluir que as pequenas e médias empresas também estão presentes na internet, procurando o seu espaço, como já vimos em outras matérias no "Pesquisas e Números". Mas que independente do tamanho da empresa, no comércio eletrônico, todas concorrem no mesmo espaço, sendo importante a busca pela diferenciação para a conquista do espaço virtual, esteja a diferenciação onde estiver, nos preços, nos produtos, na qualidade e até mesmo no atendimento.

Acompanhe mais artigos do Brasil Post na nossa página no Facebook.

Para saber mais rápido ainda, clique aqui.

MAIS NEGÓCIOS NO BRASIL POST:

Galeria de Fotos As 7 empresas brasileiras entre as 500 maiores do mundo Veja Fotos
Eleições nos EUA
As últimas pesquisas, notícias e análises sobre a disputa presidencial em 2020, pela equipe do HuffPost