OPINIÃO
26/03/2015 12:53 -03 | Atualizado 26/01/2017 21:36 -02

Previsões para o mercado de educação por meio de tecnologia em 2015

O mercado para educação mediada por tecnologia, para fins acadêmicos ou corporativos, tem espaço considerável para crescimento nesse ano e nos próximos - já ultrapassamos a fase de consolidação do formato. Agora, vivemos o auge de sua expansão.

Reprodução

Profissionalmente falando, considero de extrema importância estar alinhado às expectativas e previsões do mercado em que se está inserido. Esta atitude serve para podermos definir nossas próximas ações. Na internet, encontrei um artigo bastante interessante sobre os principais números e previsões para 2015 na comunidade online (eLearning Industry, em inglês). Algumas informações chamaram minha atenção - e as considero dignas de nota a todos nós que, de alguma forma, estamos dentro desse segmento:

• Este ano é esperado que o mercado global de e-Learning atinja a cifra de US$ 107 bilhões;

• O Brasil está na lista dos dez países com expectativa de maior crescimento, ocupando a 7ª posição (a 1ª é ocupada pela Índia, seguida por China e Malásia);

• O crescimento do mercado de Mobile Learning merece destaque no segmento. A expectativa é que nosso país esteja na 5ª posição em 2017 no ranking de compradores para esse formato;

• Espera-se que a educação corporativa online cresça em média 13% anualmente até 2017. Nos Estados Unidos, 77% das empresas já oferecem a seus profissionais treinamentos nessa modalidade.

O que podemos extrair desses números?

O mercado para educação mediada por tecnologia, para fins acadêmicos ou corporativos, tem espaço considerável para crescimento nesse ano e nos próximos - já ultrapassamos a fase de consolidação do formato. Agora, vivemos o auge de sua expansão.

Contudo, como em qualquer segmento, inovação continuará sendo a palavra de ordem. Tanto no que diz respeito a tecnologia quanto ao conteúdo.

Por isso, não podemos nunca nos basear somente em previsões positivas de crescimento - este só será possível se fornecedores e público-alvo estiverem alinhados entre si e com as tendências em constante mutação, sinalizadas pelo mundo ao nosso redor.

VEJA TAMBÉM:

Galeria de Fotos 12 momentos da tecnologia em 2014 Veja Fotos