OPINIÃO
05/07/2014 09:56 -03 | Atualizado 26/01/2017 21:36 -02

Politicopa: A torcida dos presidenciáveis no jogo do Brasil

David Luiz, Thiago Silva e companhia deram um show no Castelão. Nas redes sociais, Aécio Neves, Dilma Rousseff, Eduardo Campos e Marina Silva mostraram que são brasileiros #ComMuitoOrgulho.

A dois dias do começo oficial das campanhas políticas (é neste domingo, gente!), os ainda pré-candidatos fizeram uma pausinha nos preparativos e torceram pela seleção brasileira na bela partida que foi Brasil vs. Colômbia pelas quartas de final. David Luiz, Thiago Silva e companhia deram um show no Castelão. Nas redes sociais, Aécio Neves, Dilma Rousseff, Eduardo Campos e Marina Silva mostraram que são brasileiros #ComMuitoOrgulho.

As mulheres adotaram um discurso mais discreto e sério na torcida. A presidente Dilma Rousseff (PT) não publicou selfie torcendo os dedinhos e preferiu os versos de Gonzaguinha à música oficial da Fifa para demonstrar seu apoio ao time de Felipão. Dizia o tweet: "Eu acredito é na rapaziada / Que segue em frente e segura o rojão / Eu ponho fé é na fé da moçada / Que não foge da fera e enfrenta o leão". No fim do jogo, feliz com a vitória, agradeceu o talento e garra da seleção. Preocupada com o ferimento do nosso camisa 10, mandou um #ForçaNeymar.

Marina Silva, vice na chapa do PSB, foi mais pé no chão. Escolheu um artigo do economista Eduardo Giannetti que compara a Copa do Mundo à política. Publicado bem no começo do jogo, não sei se alguém leu. No intervalo, postou uma selfie com uma turma toda simpática da Rede Sustentabilidade. De branco com a moçada, era pura descontração.

David Luiz pode ter sido eleito o melhor em campo mas Eduardo Campos (PSB) leva o #TroféuTernura. De cabelo penteado impecavelmente para trás e sua tradicional camisa amarela (que exibe desde o primeiro jogo), bateu uma foto beijando os filhos mais novos. A legenda, não tão fofa, era quase protocolar: "Curtindo o jogo com a família pé quente".

Já Aécio Neves teve uma sexta-feira de dois turnos. No começo da tarde, vestindo calça jeans e uma pólo num tom... azul-argentino (#oi?), que realçava um pouco a barriguinha, foi ao Maracanã assistir à partida de França vs. Alemanha com o sobrinho Matheus e a filha Gabriela, de 21 anos, que ele, brincando, já nomeou como ministra de seu bem estar (#CampanhaSimMasSaúdeEmPrimeiroLugar).

Para o jogo do Brasil, trocou o figurino e fez um belo par com a esposa Letícia. O presidenciável deixou a camisa 2 da seleção no armário (que havia exibido na estreia do Brasil na Copa) e escolheu o uniforme canarinho. Letícia vestia o azul cobalto da moda com uma skinny jeans. De acessórios, colar discreto dourado e telefone celular. A composição de cores do par estava fabulosa: amarelo, roxo e azul, com um toque de branco (do celular dela). Levou o #TroféuHarmoniaDeCores da partida. No gol de Thiago Silva, a dupla era uma alegria só. #VaiBrasil

Acompanhe mais artigos do Brasil Post na nossa página no Facebook.

Para ver as atualizações mais rápido ainda, clique aqui.