OPINIÃO
06/10/2014 10:17 -03 | Atualizado 26/01/2017 21:04 -02

Não mexa no meu iTunes, nem no meu torrent

reprodução

O pop está tentando reinventar a roda - quer dizer, o disco. O novo álbum de Thom Yorke, Tomorrow's Modern Boxes, lançado em setembro, é o primeiro torrent pago da história - foi lançado via BitTorrent, plataforma de distribuição e compartilhamento de arquivos e terror dos inimigos da pirataria online. Dias antes, Songs of Innocence, do U2, foi dado de graça a 500 milhões de usuários do iTunes, em ação promocional sem precedentes - e apesar de o presente forçado ter desagradado a maioria dos usuários, a banda já anunciou que estuda mais uma forma inédita de lançamento do próximo trabalho, Songs of Experience. No início daquele mesmo mês, Julian Casablancas transformou Tiranny, disco à frente de seu projeto paralelo The Voidz, em um pen drive que também pode ser usado como capa de isqueiro. O Wu-Tang Clan já anunciou que seu aguardado A Better Tomorrow sai em novembro única e exclusivamente com os arquivos carregados em um boombox, aqueles aparelhos de som portáteis.


Querem todos, óbvio, sensibilizar os hábitos de consumo de quem se desacostumou a ou nunca pagou por música na vida. Outros, mais ~revolucionários~, como Thom Yorke, dizem que querem estabelecer um comércio direto entre fã e artista, sem os atravessadores da indústria fonográfica. E quem ouve música, quer o quê? O fã ardoroso pode até querer gastar um pouco mais para aumentar o acúmulo de quinquilharias do tipo isqueirinho, boobox, mimimi, mas a média, a julgar pela reação majoritária ao presentinho do U2, quer, sim, continuar ouvindo música de graça, mas quer também ter sua autonomia e poder de usuário preservados. A rejeição do público foi grande contra a ação promocional da banda irlandesa em parceria com a Apple - o que era para ter sido visto como agrado foi visto como intromissão - e a empresa foi obrigada a criar uma ferramenta para que o indesejado disco fosse apagado dos aparelhos eletrônicos.


Quem achou ruim encontrar um disco gratuito de um dos maiores sucessos comerciais das últimas décadas em seu celular, tablet ou que for parecia estar na verdade dizendo: não importa se é de graça, eu mesmo vou atrás da sua música quando eu quiser. E vou escutá-la de graça, mesmo que haja a opção de pagar - mesmo porque a própria indústria já facilitou a vida de quem um dia viveu na clandestinidade dos downloads. Serviços como o Spotify permitem ouvir catálogos e mais catálogos sem pagar um centavo. Prince, por exemplo, acabou de lançar dois discos de uma vez, Art Official Age e Plectrum Electrum, e disponibilizou ambos no serviço de streaming. O Weezer ainda nem lançou oficialmente Everything Will be Alright in the End (sai em 7 de outubro), mas na brincadeira de jogar na rede as faixas novas para os fãs (ação promocional que tem se repetido), acabou se descuidando e revelando mais da metade do disco. Pra quê peso na consciência por ouvir música de graça?


A mea culpa do usuário também não pega em casos aparentemente mais nobres como o de Thom Yorke. Por mais que o vocalista do Radiohead seja aplaudido por tudo que faz, não vai ser tão fácil assim subverter as leis do torrent - livre, pirata e gratuito por natureza. Tente convencer toda uma geração (ou talvez duas, vá lá) de que deve ser feito o contrário. Mais que isso, compartilhar é verbo já natural no vocabulário de hoje, ação imediata que só demanda um clique, e basta uma única cópia comprada de Tomorrow's Modern Boxes para multiplicar o novo disco em cópias gratuitas. O resultado é que houve quem disponibilizasse o disco completo até no YouTube.


A brincadeira de descobrir novas maneiras possíveis de se lançar um disco pode continuar, principalmente porque está divertida (quem diria que chegaríamos a um disco-pen drive-isqueiro?), mas que se lembrem de não meter o dedo no iTunes e no torrent dos outros sem permissão.

Acompanhe mais artigos do Brasil Post na nossa página no Facebook.


Para saber mais rápido ainda, clique aqui.


MAIS MÚSICA NO BRASIL POST:

Photo gallery 26 músicas de formatura clichês See Gallery