OPINIÃO
07/06/2014 14:59 -03 | Atualizado 26/01/2017 21:43 -02

Vai ter Copa sim! E vamos tentar aproveitar isso

GLAUCON FERNANDES/ELEVEN/ESTADÃO CONTEÚDO

Faltando poucos dias para o começo da Copa do Mundo no Brasil, algumas manifestações ganharam força contra o principal torneio realizado pela Fifa. Não que tudo isso seja novo, já que na Copa das Confederações, também realizado em território brasileiro, a população saiu nas ruas para reclamar dos vários problemas que atingem o estado.

Segundo pesquisa realizada pelo Ibope, o país está bastante divido pela realização da Copa. Mesmo a maioria querendo ver o torneio acontecer, 51% aprovam a ideia, esse número só tem diminuído com a proximidade do dia 12 de junho, abertura e jogo entre Brasil e Croácia na Arena Corinthians.

Apesar de achar que o Brasil não está no momento de realizar um torneio de tanta grandeza, o mesmo vale paras as Olimpíadas no Rio de Janeiro em 2016, eu concordo com os 51% e acho que é preciso ter a Copa do Mundo. Mesmo com todos os erros, todos os atrasos, todas as contas mal explicadas e todos os problemas, a Copa trouxe alguns benefícios que podem ser usados pela população. Não digo apenas em obras, mas sim na forma de protesto e cobrança diante do Governo.

Na inércia desde o começo dos anos 90, o Brasil acordou para protestar no ano passado e hoje conseguimos ver manifestações que para muitos eram coisas de argentino ou francês iluminista. A cultura do brasileiro de ir para a rua e pedir por melhoras no país renasceu. O próximo passo é o amadurecimento da população nesses protestos. É tentar realizar reclamações mais objetivas, menos partidárias e que realmente ajudem o país. O tipo de coisa que se aprende com o tempo e com educação.

E esse não é o único ponto. Em entrevista a ESPN Brasil, o ex-jogador Cafu comentou sobre a realização da Copa e, apesar de concordar com os pontos negativos, trouxe algumas informações válidas. Segundo ele, a cidade de Cuiabá voltou a ter uma obra pública depois de 20 anos, um dado vergonhoso que só foi "corrigido" com a realização da Copa. O mesmo vale para Brasília, que finalmente viu algumas correções na estrutura da cidade, mesmo que esteja longe do ideal.

Tudo isso justifica os erros e deixa o país sendo maravilhoso? Não. Isso mostra que é preciso parar de protestar e curtir a Copa do Mundo torcendo pelo hexa? Também não. Isso serve apenas para mostrar que o brasileiro precisa parar de achar que tudo é como em novela, sendo ou uma coisa completamente errada ou completamente certa. É necessário tirar proveito de tudo, deixar de ter a cabeça cimentada em ideias únicas. A Copa tem seus problemas, mas também conta com benefícios sim, mesmo que em menor quantidade.

Os protestos são necessários, as movimentações nas ruas são também necessárias, porém o movimento "Não Vai Ter Copa" soa extremamente exagerado e prepotente. O torneio vai sim acontecer e tentar pará-lo faltando dias é burrice. Não digo para deixar de reclamar durante a competição, mas sim usar a visibilidade do torneio até para mostrar que o brasileiro está descontente. Provar para si mesmo que não importa o título mundial, não importa a imagem que o brasileiro passar para o exterior e sim que o povo daqui está de olho no que está acontecendo e que erros e corrupções feitas no passado, até mesmo na Copa de 2014, não vai passar despercebida novamente.

A eleições estão aí, as Olimpíadas também estão próximas, e essas serão as situações que o brasileiro terá como mostrar que durante a Copa do Mundo a maior lição foi que o povo está ligado no que está acontecendo no Brasil.

Acompanhe mais artigos do Brasil Post na nossa página no Facebook.


Para ver as atualizações mais rápido ainda, clique aqui.


MAIS COPA NO BRASIL POST:

Turistas aproveitam o Brasil na Copa