NOTÍCIAS
23/04/2018 17:43 -03 | Atualizado 26/04/2018 09:52 -03

A história das estreias da Seleção Brasileira em Copas do Mundo

Seleção Brasileira é a única que participou de todas as 20 edições da competição.

Divulgação/Rafael Ribeiro/CBF
Neymar e Hulk comemoram estreia vitoriosa contra Croácia em 2014. E agora, contra a Suíça, no dia 17 de junho: Como será?

A estreia da Seleção Brasileira na Copa da Rússia será diante da Suíça, dia 17 de junho, na Arena Rostov. A expectativa da torcida é de uma boa vitória para começar a caminhada pelo hexa com o pé direito.

Os números não poderiam ser mais animadores para os torcedores. Até hoje, em 20 Copas, o Brasil venceu na estreia em 16 oportunidades, tendo empatado duas e perdido outras duas, justamente nos 2 primeiros Mundiais — em 1930 e 1934.

Única equipe do planeta a participar de todas as Copas, a Seleção Brasileira acumulou curiosidades desde 1930, quando a primeira edição de Mundial foi disputada e teve como sede o Uruguai.

Você se lembra de como foram todas as estreias da Seleção em Copas? O HuffPost Brasil fez um levantamento e mostra para vocês algumas curiosidades históricas.

Divulgação/Fifa
Copa do Uruguai, em 1930, teve derrota da Seleção Brasileira na estreia.

1930: Uruguai

A Seleção começou a escrever sua história em Copas com uma derrota para a hoje extinta Iugoslávia. Preguinho fez o primeiro gol do Brasil em Mundiais na derrota por 2 a 1 para os europeus. Na despedida, a Seleção venceu a Bolívia por 4 a 0.

1934: Itália

Segunda participação em Copas e segunda estreia com derrota. O Brasil caiu diante da Espanha e, com a derrota por 3 a 1, se despediu da competição com apenas um jogo disputado. O gol brasileiro na partida foi marcado por Leônidas da Silva, o Diamante Negro.

O goleiro da Seleção, Pedrosa, entrou para a história do futebol brasileiro anos mais tarde. Após se aposentar, virou árbitro, presidente da Federação Paulista de Futebol e foi homenageado com o nome do troféu Roberto Gomes Pedrosa, antiga versão do Campeonato Brasileiro de Futebol.

1938: França

Reprodução/Facebook
Copa de 1938 registrou a primeira vitória do Brasil em estreias: 6 a 5 na Polônia.

A primeira vitória brasileira em estreias de Mundiais chegou com uma chuva de gols. A Seleção fez 6 a 5 na Polônia, com 3 gols de Leônidas da Silva. O atacante fecharia o Mundial como artilheiro, com 7 gols marcados.

1950: Brasil

A primeira edição de Copa do Mundo disputada no Brasil começou bem para a Seleção, que fez 4 a 0 no México, com 2 gols de Ademir, 1 de Jair e 1 de Baltazar. Pena que o Mundial não terminou bem para o País, com o até hoje lembrado Maracanazo...

1954: Suíça

A Suíça, rival da próxima estreia da Seleção em Copas, também já sediou uma edição e deu sorte ao Brasil, que em 1954 fez 5 a 0 no México. A goleada é a maior alcançada pela Seleção em uma estreia até os dias de hoje.

Getty Images
Pelé (10) não jogou na estreia em 1958, mas foi o grande nome da Copa ao lado de Garrincha.

1958: Suécia

Ao contrário do que aconteceu em 1950, quando o Brasil estreou bem e terminou a Copa aos prantos, 1958 foi uma edição inesquecível. Sem o ainda garoto Pelé, machucado, a Seleção abriu a Copa com uma vitória por 3 a 0 sobre a Áustria. Pelé se recuperou, voltou a jogar e a equipe terminou o Mundial conquistando o primeiro dos cinco troféus.

1962: Chile

Em 62, nova vitória, e mais uma vez contra o México, mesmo rival derrotado nas edições de 1950 e 1954. A caminhada para o bicampeonato mundial começou com o pé direito: 2 a 0, com gols de Zagallo e Pelé.

1966: Inglaterra

A Seleção engatou a 6ª vitória seguida em estreias de Copas na partida contra a Bulgária. Pelé e Garrincha marcaram no triunfo por 2 a 0.

Reprodução/Pinterest
Seleção de 1970 é considerada uma das melhores da História do futebol mundial.

1970: México

A Seleção que encantou o mundo e conquistou o tricampeonato no México não poderia começar a Copa sem uma vitória. E ela foi com muito estilo: 4 a 1 sobre a antiga Tchecoslováquia. Mais do que a goleada, o jogo ficou marcado pelo "gol que Pelé não fez" ao tentar surpreender o goleiro com um chute da linha do meio de campo.

1974: Alemanha

A sequência de 7 vitórias do Brasil em estreias chegou ao fim na Alemanha (7 e Alemanha juntos desde então...). Jogo sem graça e empate por 0 a 0 contra a Iugoslávia.

1978: Argentina

O segundo empate brasileiro na história das estreias em Copas veio logo na sequência. Considerada 'campeã moral' do Mundial de 1978, a Seleção não passou de uma igualdade por 1 a 1 no primeiro jogo do torneio, diante da Suécia.

Reprodução/Facebook
URSS e Brasil fizeram um jogaço na estreia da Seleção na Copa de 1982, que terminou com vitória canarinho.

1982: Espanha

A Seleção comandada por Telê Santana apresentou o melhor futebol entre todas as que disputaram a Copa de 1982, mas não ficou com o título. De qualquer forma, estreou bem, com vitória por 2 a 1 sobre a União Soviética — gols de Éder e Sócrates.

1986: México

Sócrates foi o nome do jogo na estreia brasileira contra a Espanha, na segunda Copa disputada em território mexicano. O 'Doutor' marcou o único gol da vitória por 1 a 0 sobre os europeus.

1990: Itália

Assim como o México, a Suécia é um adversário que costuma encarar o Brasil em estreias de Copa. Sorte nossa. Na Itália, em 1990, a Seleção fez 2 a 1 nos escandinavos, com 2 gols do centroavante Careca.

Reprodução/Pinterest
Romário (11) corre para comemorar um de seus gols na estreia vitoriosa sobre a Rússia, em 1994.

1994: Estados Unidos

Na Copa que terminou com a conquista do tetracampeonato, o Brasil começou a caminhada na terra do Tio Sam com uma vitória por 2 a 0 sobre a Rússia, gols de Romário, que viria a se tornar o principal nome do Mundial, e Raí.

1998: França

O futebol da Seleção na Copa de 1998 não agradou, apesar do vice-campeonato. A estreia, por outro lado, foi positiva: 2 a 1 sobre a Escócia, com 1 gol de César Sampaio e 1 contra, de Tom Boyd.

Getty Images
Rivaldo sofreu com a marcação turca na estreia da Copa do Mundo de 2002, mas deixou sua marca.

2002: Japão e Coreia do Sul

A primeira edição de Copa do Mundo disputada em duas sedes também teve vitória brasileira na estreia. Ronaldo e Rivaldo mandaram a zebra para longe e viraram o jogo contra a Turquia: 2 a 1. A Seleção terminou o Mundial com o quinto título conquistado em inesquecível final contra a Alemanha.

2006: Alemanha

Kaká fez o gol solitário da estreia da Seleção na Copa da Alemanha, em 2006. A vitória por 1 a 0 sobre a Croácia chegou a dar esperança aos brasileiros, mas a equipe acabou ficando pelo caminho e viu a Itália levantar o caneco.

2010: África do Sul

O Brasil estreou na Copa da África do Sul, a primeira disputada no continente africano, com uma vitória sobre a Coreia do Norte por 2 a 1 — gols de Maicon e Elano. A Seleção acabou eliminada diante da Holanda, em jogo que ficou marcado pela expulsão de Felipe Melo, tachado como vilão pelos torcedores por conta deste cartão vermelho.

Ricardo Stuckert/Divulgação/CBF
Neymar e Fred comemoram boa (e polêmica) estreia da Seleção sobre a Croácia, em 2014.

2014: Brasil

A esperança pelo hexacampeonato em casa começou bem — e com polêmica em casa. Na Copa de 2014 a Seleção Brasileira venceu a Croácia por 3 a 1 no Itaquerão: 2 gols de Neymar e 1 de Oscar. No entanto, o segundo gol, marcado por Neymar em cobrança de pênalti, nasceu de uma infração que não existiu e foi simulada pelo atacante Fred.