OPINIÃO
25/02/2015 15:29 -03 | Atualizado 26/01/2017 22:03 -02

'Pepe' Mujica, o souvenir do Uruguai

Quem visita Montevidéu dedica agora um pouco mais de tempo no principal ponto turístico da cidade. A Praça Independência reúne o monumento do herói nacional, José Artigas; o edifício que já foi um dia o mais alto da América Latina, o Palácio Salvo; a porta da Ciudadela e o Teatro Solís a uma curta distância cada um do outro. Atualmente, no entanto, entra na lista como atração fotográfica a Torre Executiva, sede da Presidência da República Oriental do Uruguai, onde José Mujica continua despachando até o fim desta semana.

Free download of the entire Abode of Chaos' Opus IX (504 pages)Secrets revealed of the Abode of Chaos (144 pages, adult only) >>>"999" English version with English subtitles is available >>>HD movie - scenario thierry Ehrmann - filmed by Etienne Perrone----------Découvrez gratuitement l’intégralité de l’Opus IX de la Demeure du Chaos (504 pages)voir les secrets de la Demeure du Chaos avec 144 pages très étranges (adult only)999 : visite initiatique au coeur de la Demeure du Chaos insufflée par l'Esprit de la SalamandreFilm HD d'Etienne PERRONE selon un scénario original de thierry Ehrmann.courtesy of Organ Museum©2014 www.AbodeofChaos.org" data-caption="Free download of the entire Abode of Chaos' Opus IX (504 pages)Secrets revealed of the Abode of Chaos (144 pages, adult only) >>>"999" English version with English subtitles is available >>>HD movie - scenario thierry Ehrmann - filmed by Etienne Perrone----------Découvrez gratuitement l’intégralité de l’Opus IX de la Demeure du Chaos (504 pages)voir les secrets de la Demeure du Chaos avec 144 pages très étranges (adult only)999 : visite initiatique au coeur de la Demeure du Chaos insufflée par l'Esprit de la SalamandreFilm HD d'Etienne PERRONE selon un scénario original de thierry Ehrmann.courtesy of Organ Museum©2014 www.AbodeofChaos.org" data-credit="Abode of Chaos/Flickr">

Quem visita Montevidéu dedica agora um pouco mais de tempo no principal ponto turístico da cidade. A Praça Independência reúne o monumento do herói nacional, José Artigas; o edifício que já foi um dia o mais alto da América Latina, o Palácio Salvo; a porta da Ciudadela e o Teatro Solís a uma curta distância cada um do outro. Atualmente, no entanto, entra na lista como atração fotográfica a Torre Executiva, sede da Presidência da República Oriental do Uruguai, onde José Mujica continua despachando até o fim desta semana.

"E ali naquela esquina é onde o Pepe costuma almoçar", mostra um uruguaio a uma estrangeira, apontando o restaurante Tasende na esquina das ruas Ciudadela e San José. Na lojinha do Teatro Solís, do outro lado da Torre Executiva, entre ímãs com o tradicional mate uruguaio e postais da Praça Independência, souvenirs com a imagem do presidente popstar se destacam. E os turistas compram.

"A verdade é que me surpreendeu ver que os uruguaios não se interessavam, pensei que iriam gostar mais. Quando fui percebendo que agradava mais aos turistas, comecei a concentrar a venda em lugares mais visitados e também em lojas de outras cidades como Colonia e Punta del Este", conta Andrea Zabotinsky, criadora da marca Aquí y Ahora Libretitas que inclui a linha "Pepe Warhol". Segundo ela, os bloquinhos e os ímãs (foto) são os mais comprados entre os estrangeiros de passagem, já que não ocupam espaço na mala, têm um preço acessível e são boas lembrancinhas.

Na mesma loja do Teatro Solís, outro produto tem feito sucesso entre os visitantes: o livro "José Mujica. A revolução tranquila", do jornalista Mauricio Rabuffetti. Lançado há poucos meses no Uruguai, o best-seller local está previsto para ser publicado no Brasil em maio. Entre tantas obras sobre o personagem, esta última tem se destacado justamente por analisar o fenômeno Mujica e tocar em um ponto interessante mencionado por Andrea: o fato de que o presidente não agrada tanto dentro como fora do país. É que santo de casa não faz milagre, explica um dos capítulos do livro que oferece um balanço sobre a gestão do presidente e comenta algumas pendências de seu governo, especialmente em matéria de educação e segurança.

De qualquer forma, a pouquíssimos dias de entregar a presidência da República Oriental do Uruguai a seu antecessor, ou melhor, sucessor (embora seja a mesma pessoa) - Tabaré Vázquez -, muita gente está ansiosa por discursos comovedores e uma boa dose de irreverência. A ansiedade também paira sobre o documentário que o prestigiado cineasta sérvio Emir Kusturica termina de filmar sobre Mujica na ocasião. Nas redes sociais, já se sente o clima de despedida com a nostalgia relembrando frases célebres e episódios marcantes da gestão do presidente mais "descolado" do mundo.

"A Argentina não acompanha um caralho", foi a última pérola do Pepe em entrevista ao jornal Perfil, falando sobre o Mercosul e a integração regional. O desabafo com tom de exaspero tem suas razões. José Mujica foi o presidente uruguaio que mais tentou se conciliar com o vizinho e sem muito sucesso. Em 2013, soltou, sem saber que os microfones estavam ligados, que "esta velha é pior que o Zarolho. O Zarolho era mais político, esta é teimosa". Ele se referia à mandatária argentina Cristina Fernández e ao falecido marido e ex-presidente Néstor Kirchner.

Mas o verão teve ainda outras anedotas. O pedinte que recebeu 100 pesos uruguaios (cerca de R$ 9) de esmola do Pepe durante uma entrevista coletiva e disse que gostaria que ele fosse presidente para sempre. Também repercutiu a carona que um mecânico recebeu do casal presidencial quando tentava voltar para casa. Nesse meio tempo também chegaram os ex-prisioneiros de Guantánamo, os refugiados da guerra síria e se discutiu no Parlamento a regulação da produção de maconha para uso medicinal e industrial.

A proposta de um milhão de dólares pelo fusquinha do Pepe foi outra notícia que rendeu, bem como a própria indecisão do mandatário quanto a aceitar a oferta. E quem não lembra dos discursos do Mujica que fizeram história na Rio+20 (abaixo), na Assembleia Geral da ONU em Nova York ou suas milhares de entrevistas à mídia internacional predicando com o exemplo sobre a simplicidade de viver e ser livre para fazer o que se gosta? Celebridade entre as celebridades, foi visitado por nomes desde Sean Penn a Ricky Martin e ganhou uma guitarra da banda Aerosmith que se declarou fã do cara.

Passeando ali pela rua Sarandí no bairro Cidade Velha, é comum cruzar com a felicidade estampada dos recém-casados que acabam de assinar o matrimônio no Registro Civil. Homens com homens, mulheres com mulheres, homens com mulheres, todos recebem uma chuvinha de arroz acompanhados de suas testemunhas e de muita alegria.

E no litoral uruguaio, onde o calor do verão convida habitantes e turistas a se refrescar com a água gelada que toca a areia, uma infinidade de famílias também compartilha o cenário que poderia ilustrar uma propaganda do país. Muitas delas acompanhadas de bebês sorridentes e/ou chorões, todos eles desejados e bem-vindos completam a cena do pacote de heranças que deixa o governo de Mujica.

A partir da semana que vem, os visitantes da capital uruguaia e capital do Mercosul tirarão fotos da Torre Executiva referindo-se ao passado, ali, onde Mujica ocupou a cadeira presidencial. A maioria, muito provavelmente, não terá nem ideia do nome do então governante no poder.

VEJA TAMBÉM:

Galeria de Fotos As várias faces de Pepe Mujica Veja Fotos