OPINIÃO
12/06/2014 10:45 -03 | Atualizado 26/01/2017 21:43 -02

6 solteirões convictos (e felizes) da literatura

Os solteiros de plantão vão concordar: namoro não é tudo! E para provar que as pessoas podem ser felizes sem um 'mozão', selecionei alguns dos solteirões convictos, e muito felizes, da literatura.

O Dia dos Namorados está chegando, mas não é por isso que todo mundo vai sair por aí louco atrás de um parceiro. Os solteiros de plantão vão concordar: namoro não é tudo! E para provar que as pessoas podem ser felizes sem um 'mozão', selecionei alguns dos solteirões convictos, e muito felizes, da literatura. Se inspire nas histórias e pare de sofrer por estar sozinho!

1. C.L.B - A Casa dos Budas Ditosos, de João Ubaldo Ribeiro

C.L.B. é uma velhinha solteira que beira os 70 e jamais se negou a viver as infinitas possibilidades de suas taras sexuais. Suas memórias libertinas contadas no livro de João Ubaldo Ribeiro mostram que ela foi sempre sozinha e feliz. A história de C.L.B. foi tão bem recebida pelo público que ganhou adaptação para o teatro, em 2004, em forma de monólogo com Fernanda Torres.

2. Sal Paradise e Dean Moriarty - On the Road, de Jack Kerouac

Sem lenço e sem documento, os jovens Sal Paradise e Dean Moriarty partiram numa trip rumo à costa oeste dos Estados Unidos. A viagem da dupla foi no estilo daquelas desejadas por muitos jovens: repleta de diversão, liberdade e sem limites.

3. Robert Langdon - Anjos e Demônios, O Código Da Vinci, O Símbolo Perdido e Inferno, de Dan Brown

O personagem criado por Dan Brown, e que está presente em vários livros do autor, é professor de iconografia religiosa e simbologia da Universidade de Harvard. Langdon é conhecido pela sua inteligência e não abre mão da solidão e independência que sua vida lhe proporciona.

4. Sherlock Holmes - As Aventuras de Sherlock Holmes, de Arthur Conan Doyle

Adaptações cinematográficas à parte, você consegue imaginar esse charmoso inglês namorando alguém? Nós também não! Apesar de estar quase sempre com seu amigo Watson, Holmes passa a maior parte do tempo se dedicando ao trabalho. O detetive é extremamente inteligente, mas tem uma personalidade um tanto quanto exótica.

5. Will Freeman - About a Boy, de Nick Hornby

O protagonista adulto da história de Nick Hornby tem 30 e poucos anos, não quer ter filhos e vive de rendimentos, o que lhe permite gozar do prazer de cuidar da aparência, comprar o que quer e seduzir a mulherada por aí.

6. Daenerys Targaryen - Game of Thrones, de George R. R. Martin

Daenerys é uma verdadeira líder de guerra cheia de fúria. Ela é poderosa mesmo sem um rei, sabe controlar suas emoções como ninguém e, mesmo sendo muitas vezes meio fria e calculista, tem boas intenções. Definitivamente ela é exemplos para mulheres do mundo todo.

Acompanhe mais artigos do Brasil Post na nossa página no Facebook.

Para saber mais rápido ainda, clique aqui.