OPINIÃO
18/03/2015 16:54 -03 | Atualizado 26/01/2017 22:12 -02

Eu sou feminista, mas até que sou legal

Fico vendo por aí o povo querendo exorcizar feminista com água benta e preferindo que a filha seja bandida a feminista. Isso me parte o coração - apesar do que dizem por aí, eu tenho um. Poxa vida, quando o diabo me ofereceu um pacto, dizendo que eu seria sempre jovem, bonita, plenamente depilada, dona de uma casa com jardim e um Golden Retriver, eu até recusei. Achei o preço meio alto, porque ele queria que humilhasse as mulheres que, ao contrário, seriam gordinhas, pobres ou meio peludas.

Sassy Bella Melange/Flickr
free to use. not for resell.

Fico vendo por aí o povo querendo exorcizar feminista com água benta e preferindo que a filha seja bandida a feminista. Isso me parte o coração - apesar do que dizem por aí, eu tenho um. Poxa vida, quando o diabo me ofereceu um pacto, dizendo que eu seria sempre jovem, bonita, plenamente depilada, dona de uma casa com jardim e um Golden Retriver, eu até recusei. Achei o preço meio alto, porque ele queria que humilhasse as mulheres que, ao contrário, seriam gordinhas, pobres ou meio peludas.

Não é minha culpa ser feminista, eu nasci assim. Meus pais tentaram evitar, choraram quando contei de minhas preferências intelecto-sexuais, mas resolveram me amar desse jeito mesmo. Sabe, até tem o que amar em mim, eu juro! Eu adotei um cachorrinho abandonado, dou meu lugar pros velhinhos sentarem no ônibus, nunca soneguei impostos e já fiz trabalho voluntário ensinando crianças carentes.

Apesar de achar que homens e mulheres devem ter direitos e deveres equânimes e obrigar meu marido a revezar-se na pia comigo, eu até que sou uma boa esposa, sabe? Tem gente que diz por aí que ele é oprimido pela mulher, mas ele parece um oprimido feliz. Pode parecer estranho, mas ele gosta de conversar de igual pra igual sobre nossas experiências profissionais enquanto cozinhamos o jantar e bebemos vinho juntos. Ele até tolera meu apetite sexual. Sei que não é normal pra uma mulher gostar de sexo, mas eu acabei me desenvolvendo assim...

Sim, eu confesso, participo dessas seitas de mulhes que se apoiam pela internet quando sofrem abusos físicos, sexuais ou psicológicos. Nós temos hábitos estranhos, como cultuar umas às outras, repetir cerimonialmente que somos bonitas e vai dar tudo certo e damos conselhos antifamiliares como abandonar os maridos que dão surras nas mulheres.

Ok, eu também tenho opiniões estranhas sobre o que é ser mulher e chamo de mulheres pessoas que nasceram biologicamente homens. Já me avisaram que vou queimar no inferno por isso, mas no fundo do coração, eu até que tenho boas intenções.

Eu também sou culpada de votar em deputadas feministas e deputados que querem implantar no mundo a ditadura feminazi-gay. Muita gente correta se opõe, mas nós, que somos desequilibrados mentais, queremos que homofobia seja crime e que mulheres estejam mais presentes na política nacional. Estamos há anos planejando um golpe silencioso no seio do estado brasileiro, mas no fundo, vamos aceitar que você continue heterossexual e juramos que não vamos fechar nenhuma igreja.

Sei que é muito para aceitar, mas estou pedindo às pessoas certas por um pouco de amor e compreensão. Sei que vocês que são superiores a mim vão entender minhas limitações feministas, já que defendem que cada um deve respeitar a individualidade do outro e gostam daquele cara Jesus que, eu li, gostava de amor, perdão, prostitutas, e outros desfavorecidos. Esse Jesus, aliás, parece um cara muito legal, apesar de ser feminista. Ai, vocês não sabiam? Jesus também era contra apedrejar prostitutas, bater em mulheres e desrespeitar a mãe. E o primeiro milagre da vida dele foi feito por pedido de uma mulher, vê se pode! Ressuscitou e apareceu pra umas moças antes de dar satisfação pros apóstolos. Era um feministão pra sua época. Feministão dos bravos! Mas, sabe, até que tinha o que amar nele também... Ele também não se opunha a pagar impostos...

VEJA TAMBÉM:

Galeria de Fotos Mulheres brasileiras que arrebentam nos quadrinhos Veja Fotos