OPINIÃO
27/06/2014 09:58 -03 | Atualizado 26/01/2017 21:46 -02

À espera de uma geração de mulheres que não julga o que a outra quer

Vamos parar de generalizar nossas experiências como se fossem as de todo mundo? Feminismo é muito mais sobre liberdade para se fazer escolhas. Não me acho menos feminista por ter me casado. Nessa "falha" também caiu a Frida Kahlo.

A discussão tá braba no mundo feminista na última semana. De um lado, tem a Ruth reclamando que foi criada para ser independente, mas nenhum homem foi criado para apreciá-la assim. De outro, as blogueiras feministas dizendo que mulher não devia ligar pro que homem quer e pronto. A última foi a Mariliz, dizendo que tá tudo lindo e o irmão dela é o homem perfeito.

Primeiro, adoro quando a gente vê que estar unida pela vontade de ver as mulheres com mais dignidade e poder não significa comprar um pacote de ideias prontas. Obrigada a todas as participantes do debate por isso. Mas, claro, não escreveria se não tivesse também um pitaco.

Nós, feministas (e aqui me incluo na crítica, veja bem), gastamos tempo demais palpitando em aspectos pessoais da vida uma da outra. Criticamos a mulher heterossexual que ainda sonha em se casar e a independente que não precisa de homem. No extremo, algumas desperdiçam seu tempo defendendo que trans não é mulher (o que ganham com isso, meu pai do céu?!). Meu povo, num movimento que nasceu a favor da diversidade, onde está o respeito pelas diferenças internas?

Deixa a Ruth se importar com os homens, ela precisa deles pra transar e amar, afinal. É o que ela gosta. E Ruth, deixa em paz a mulher independente que não tá nem aí em não ser o que os "homens querem". (Eu, particularmente, acho que sou tudo o que um homem pode querer, se não for, azar o deles! rs)

A meu ver, feminismo é muito mais sobre liberdade para se fazer escolhas. E não me acho menos feminista por ter me casado, por achar que não seria tão feliz quanto sou sem meu querido ao meu lado. Nessa "falha" também caiu a Frida Kahlo, minha diva. Eu preciso do meu companheiro para ser feliz como a Frida precisava do Diego Rivera. Claro que nem a minha vida nem a dela giraram em torno de planos românticos, temos carreiras e amores diversos. Mas não acho que deveríamos ser julgadas por comprar algumas peças de roupa que o amado gosta. Aliás, sabiam que um grande estimulador do estilo único da Frida era o Diego, que amava como ela se vestia e ela amava que ele amasse isso?

Conheço, por outro lado, mulheres que são mais felizes sozinhas e também mulheres que estão perfeitamente bem sozinhas e encontraram alguém que as fez tentar viver em dupla. Que coisa linda, algumas delas são minhas melhores amigas justamente porque enchem a minha vida de diversidade!

Não estou falando de complexo de Cinderela, esperar pelo príncipe encantado é mau à beça para qualquer uma simplesmente porque nenhum homem é perfeito e porque mulheres soltam pum, ao contrário da Cinderela. Mas quem condenaria uma mulher ou um homem por querer um amor? Por querer dividir a vida? E quem condenaria uma mulher por não ligar bulhufas para a opinião masculina e estar muito bem com sua vida de solteira, obrigada? Ou vamos trocar o ideal da Cinderela por um ideal congelado de mulher feminista perfeita que todas devemos seguir?

E vamos parar de generalizar nossas experiências como se fossem as de todo mundo. O irmão perfeito de Mariliz é um menino provavelmente criado por uma mãe com a cabeça e o coração no lugar certo. Alguém que teve oportunidade de receber uma educação igualitária o que está bem longe de ser a realidade do país, mas também não é inexistente como sugere a Ruth.

Enfim, esse post queria ser uma declaração de amor. Amor a todas as mulheres que pensam diferente nesse tema e a todas as mulheres que precisam ou não dos homens. Vamos nos amar mais entre nós e parar de ligar tanto para o quanto gostamos ou não dos homens. Abraço coletivo?

Acompanhe mais artigos do Brasil Post na nossa página no Facebook.

Para ver as atualizações mais rápido ainda, clique aqui.

MAIS FEMINISMO NO BRASIL POST:

Galeria de Fotos Atos de rebelião feminista em Hollywood (GIFs) Veja Fotos