OPINIÃO
20/05/2015 14:49 -03 | Atualizado 26/01/2017 22:12 -02

Vai ter transparência, sim! E se reclamar, vai ter post feminista!

Tanto J-lo quanto Rebel Wilson são mulheres poderosas, independentes e fortes. Essas sim são características que deveriam ser destacadas nelas. Não o que estão vestindo, como estão magras, como estão gordas, como não têm vergonha na cara.

Venho aqui declarar a minha decepção. Decepção de constantemente ver mulheres julgando umas às outras. De ver que uma mulher ainda não é livre para tomar as próprias decisões sem ser taxada de qualquer coisa. Como se a sociedade já não nos dissesse a todo o tempo que somos basicamente vadias.

Nesta semana, aqui no Brasil Post, uma blogueira aproveitou o espaço oferecido a ela para dizer que o "red carpet", atualmente, só serve para que as famosas mostrem seus corpos esculturais em vestidos com muita transparência. E que a moda é deixada de lado, assim como os metros de tecido nos vestidos. Também que essa exposição toda é para fazer as outras mulheres correrem para a academia para ficarem iguais a elas.

A minha pergunta principal é: qual o problema? Eu, particularmente, estou babando por esses vestidos. Eles unem a beleza do design com os corpos maravilhosos das famosas, que certamente malham muito pra consegui-los. Mas não necessariamente nós temos que ser iguais a elas. A originalidade e a diversidade podem parecer abandonadas entre as celebridades, mas atrizes como Rebel Wilson mostram o contrário.

Ela causou em sua aparição do MTV Movie Awards desse ano:

Rebel entrou no palco com asas gigantes (remetendo às "Angels" da Victoria Secret's), uma legging cintura alta e um sutiã preto encrostado em pedras. Estava deslumbrante e obviamente, com a barriguinha de fora. Mas o fato da atriz ter uns quilinhos acima do "peso ideal" causou polêmica e comentários extremamente machistas vindos de homens e mulheres. Obviamente, artistas como J-lo e Beyoncé mostraram muito mais pele nos seus vestidos, mas os comentários à Rebel foram tão ofensivos ou quanto os feitos às outras famosas "em forma". Provavelmente, para Rebel foram até mais maldosos.

Então, se culpamos as atrizes por terem corpos malhados e continuamos julgando que não tem, como haverá diversidade entre as atrizes e cantoras? Quando nós mesmos não compramos o "produto" se elas não estão exatamente no padrão que queremos? Hollywood criou o padrão de beleza, mas nós perpetuamos ele, não aceitando nada diferente do que é mostrado. Isso me lembra um comentário que já escutei de muitas pessoas: "Não assisto filme com gente feia". Quer dizer que não queremos ser julgados pelos nossos corpos, mas não aceitamos atores fora do padrão de beleza?

A verdade é que tanto J-lo quanto Rebel Wilson são mulheres poderosas, independentes e fortes. Essas sim são características que deveriam ser destacadas nelas. Não o que estão vestindo, como estão magras, como estão gordas, como não têm vergonha na cara.

A sociedade machista não esquecerá de nos julgar, mostrando muita pele ou usando burca, sendo gordinhas ou malhadas, então o melhor que nós mulheres podemos fazer é nos unirmos para que possamos ser o que bem quisermos. Mas enquanto continuarmos a julgar umas às outras ou fazer o famoso "slut-shaming", não daremos mais nenhum passo à frente.

Obs.: Lugar de mostrar o corpo é onde você quiser.