OPINIÃO
24/02/2015 16:25 -03 | Atualizado 26/01/2017 22:03 -02

Síndrome dos Ovários Policísticos pode causar infertilidade

A Síndrome dos Ovários Policísticos (SOP) é um dos principais motivos para 30% das mulheres não conseguirem engravidar. Este desequilíbrio hormonal é uma doença progressiva, causa mudanças no corpo e pode levar à infertilidade. A SOP geralmente se desenvolve ainda na puberdade e não tem uma causa claramente diagnosticável.

www.etsy.com/listing/105746845/uterus-anatomy-embroidery-...So very lady like. Flaunt your lady parts. Uterus outline is hand stitched with a tight half stitches in dark green floss on green gingham. Ovaries are represented by pale green satin stitches. Stretched on a 6" hoop.Makes a wonderful gift for medial and nursing students. A great conversational piece for any room of your home or for your office. Hoop can be hung on the wall with a small tack or displayed on a shelf. Item will be mailed, wrapped in tissue paper and surrounded by protective packaging with a note from the artist. If you like this item, you may also like www.etsy.com/listing/78396442/uterus-anatomy-embroidery-h...Visit my shop at www.etsy.com/shop/HeyPaulStudios?ref=si_shopThis item has been completed and will be shipped to your home within 1-2 days of your purchase and payment.I love talking with my customers. Send me a message regarding any customization requests, questions, or to say hi!" data-caption="www.etsy.com/listing/105746845/uterus-anatomy-embroidery-...So very lady like. Flaunt your lady parts. Uterus outline is hand stitched with a tight half stitches in dark green floss on green gingham. Ovaries are represented by pale green satin stitches. Stretched on a 6" hoop.Makes a wonderful gift for medial and nursing students. A great conversational piece for any room of your home or for your office. Hoop can be hung on the wall with a small tack or displayed on a shelf. Item will be mailed, wrapped in tissue paper and surrounded by protective packaging with a note from the artist. If you like this item, you may also like www.etsy.com/listing/78396442/uterus-anatomy-embroidery-h...Visit my shop at www.etsy.com/shop/HeyPaulStudios?ref=si_shopThis item has been completed and will be shipped to your home within 1-2 days of your purchase and payment.I love talking with my customers. Send me a message regarding any customization requests, questions, or to say hi!" data-credit="Hey Paul Studios/Flickr">

A Síndrome dos Ovários Policísticos (SOP) é um dos principais motivos para 30% das mulheres não conseguirem engravidar. Este desequilíbrio hormonal é uma doença progressiva, causa mudanças no corpo e pode levar à infertilidade. A SOP geralmente se desenvolve ainda na puberdade e não tem uma causa claramente diagnosticável.

De fato, ela não é uma doença muito conhecida pela população, mas é mais comum do que se pode imaginar. Estima-se que atinja uma em cada cinco mulheres, o que representa um índice bastante alto. O desequilíbrio se manifesta pela ausência de menstruação por mais de três ciclos, acne, pele oleosa e pela presença de pêlos grossos em diversos locais do corpo.

Muitas mulheres só descobrem que têm a doença quando procuram um especialista após não conseguirem engravidar durante um período longo de tentativas. Esse comportamento é comum e equivocado, já que as consultas devem ser periódicas. Um diagnóstico e tratamento precoces podem reduzir o risco de outras complicações, como diabetes, câncer uterino e doenças cardíacas.

Por que esse desequilíbrio hormonal dificulta a fecundação? As mulheres com Síndrome dos Ovários Policísticos não amadurecem os óvulos, e, estes, podem não ser liberados para fecundação. O resultado é o aumento do tamanho das células e a possibilidade de desenvolver pequenas bolsas cheias de líquido, chamadas de cistos.

As mulheres diagnosticadas com SOP e que têm dificuldade para ter filhos podem recorrer a algumas alternativas para engravidar. A maioria das pacientes tenta uma forma de reprodução assistida e tem sucesso no tratamento. A inseminação artificial e a fertilização in vitro têm índices bastante satisfatórios nessas pacientes e o tratamento é semelhante ao feito por mulheres sem a doença.

Evidentemente, os casos devem ser considerados e avaliados individualmente, mas, na grande maioria, há formas de amenizar os sintomas e ter filhos. Geralmente, são utilizados hormônios e medicamentos, para equilibrar e estimular o corpo feminino. Isso feito, a mulher pode tentar engravidar através de procedimentos mais simples. Caso não seja possível, ainda existe a possibilidade de fazer um tratamento mais complexo, onde os melhores óvulos são selecionados e as chances de gravidez aumentam ainda mais.