OPINIÃO
23/07/2014 10:45 -03 | Atualizado 26/01/2017 21:43 -02

Pais e escola: trabalhos que se complementam

Estudos mostram quando os pais participam ativamente da educação dos filhos, as crianças alcançam notas melhores, faltam menos, têm mais autoestima e motivação e apresentam menos problemas de comportamento dentro e fora da escola.

PhotoStock-Israel via Getty Images

O envolvimento dos pais na educação garante que o conteúdo trabalhado na escola ganhe sentido e aplicação prática, trazendo mais motivação para a criança.

De acordo com o Departamento de Educação do Estado de Michigan, nos Estados Unidos, estudos mostram quando os pais participam ativamente da educação dos filhos, as crianças alcançam notas melhores, faltam menos, têm mais autoestima e motivação e apresentam menos problemas de comportamento dentro e fora da escola. Portanto, assim como o acompanhamento das conquistas feitas na escola, os passeios culturais e brincadeiras educativas comprovadamente cumprem um papel importante na educação, em todas as fases da infância.

Autoras de diversos estudos e livros sobre educação e família, as pesquisadoras Anne Herderson and Nancy Berla chegaram à conclusão que os principais indicadores do desempenho escolar da criança estão relacionados ao envolvimento familiar. Segundo elas, alunos que mais se destacam vivem em ambientes que incentivam o conhecimento e sabem que seus pais depositam expectativas altas - porém realistas - sobre eles.

Para os pais, os benefícios vão além da satisfação de ter crianças motivadas e com notas melhores. As pesquisadoras constataram que participar na educação dá a eles uma noção mais clara das etapas do desenvolvimento social, emocional e intelectual dos filhos. Dessa forma, ficam mais conscientes das necessidades das crianças e mais confiantes para educá-las.

Tarefas de casa

As tarefas de casa podem ser um desafio no dia-a-dia cansativo e lotado de compromissos, mas representam um dos principais meios de fortalecimento da parceria família/escola. Elas mostram o que está sendo trabalhado em sala de aula e trazem aos pais a oportunidade de relacionar temas estudados com a vida prática da criança.

Podem até mesmo servir como base para o planejamento do final de semana. Assim, o conteúdo irá se transformar em experiência, ganhará sentido e certamente será mais facilmente assimilado. Quando aliam diversão e cultura, os programas entre pais e filhos contribuem para a formação cultural da criança, complementando e enriquecendo o conhecimento que ela ganha na escola.

Por isso, mesmo quando as tarefas forem realizadas na escola, no caso de crianças que estudam em período integral, é importante que, sempre que possível, os pais analisem o que foi enviado para que possam reforçar o conteúdo com exemplos do cotidiano.

Para as crianças que fazem as tarefas em casa, o ideal é que recorram à ajuda dos pais somente quando houver dúvidas. No caso das que ainda não sabem ler com fluência, eles podem ajudar no comando do exercício. Quando o auxílio for necessário, a melhor estratégia é fornecer sugestões de como resolver a questão e evitar dar respostas prontas.

Acompanhe mais artigos do Brasil Post na nossa página no Facebook.

Para ver as atualizações mais rápido ainda, clique aqui.

MAIS FAMÍLIA NO BRASIL POST:

Galeria de Fotos Crianças que pensam estar escondidas Veja Fotos