OPINIÃO
10/07/2014 14:35 -03 | Atualizado 26/01/2017 21:36 -02

11 maneiras de conservar o equilíbrio entre seu trabalho e sua vida

Todos nós gostamos de passar tempo com os amigos e a família, curtindo o conforto de nossa casa e nos divertindo. Por que é tão difícil manter um bom equilíbrio entre o trabalho e a vida?

iklash//Flickr
photo taken by Joanh (co-worker), thanks to her

Todos nós gostamos de passar tempo com os amigos e a família, curtindo o conforto de nossa casa e nos divertindo. Por que é tão difícil manter um bom equilíbrio entre o trabalho e a vida?

Seja qual for seu trabalho, é muito provável que você tenha dificuldade em se desligar dele. Hoje em dia trabalhamos por mais horas, nos fins de semana, em casa e em trânsito. Com os smartphones e a internet, o escritório fica a apenas um clique de distância, não importa onde estejamos. Somos pré-programados para pensar que esse é o preço do sucesso, mas as coisas não precisam ser assim. Diga adeus àquela mania de checar seus e-mails quando está num encontro, mesmo que o faça com sentimento de culpa, ou de chegar em casa quando seus filhos já foram dormir -esse será seu caminho para vencer em todos os níveis.

1. Durma o suficiente

Soa simples, mas a maioria de nós não prioriza as noites bem dormidas. Pesquisas mostram que, quando não dormimos o suficiente, tomamos decisões erradas, focamos sobre as tarefas erradas e caímos na armadilha de trabalhar por mais horas, mas com menos eficiência.

2. Lance mão dos reforços de eficiência

Os "reforços de eficiência" inspiram e equipam você para aumentar sua eficiência de modo exponencial. A relação entre insumos e produto não é linear, de maneira alguma: o importante não é trabalhar mais, mas trabalhar com mais inteligência. Alguns reforços que valem a pena incluem meditar por pelo menos 12 minutos por dia e cercar-se de uma equipe de pessoas dinâmicas. Não deixe de passar tempo suficiente com sua equipe para colaborar sobre iniciativas.

3. Encontre maneiras novas de fazer as coisas de sempre

Você pode fazer reuniões ao mesmo tempo em que faz outra coisa que seja benéfica, por exemplo: caminhar, andar de bicicleta, andar a cavalo ou correr.

4. Revolucione sua lista de tarefas

Em vez de ver sua lista de tarefas se encompridar ao longo do dia, limite-a a um número xis de tarefas. Quando tiver completado essas tarefas, tire o resto do dia de folga ou faça alguma coisa no trabalho que não seja essencial e que lhe dê prazer.

5. Evite desperdícios de tempo e energia

Existem certas pessoas e tarefas que se enquadram na categoria dos ladrões de tempo e energia. Elas desviam sua atenção do que você precisa fazer, deixam você esgotado e diluem sua concentração. A boa notícia é que geralmente é fácil identificar quem e o quais são; a má notícia é que pode ser dificílimo fugir delas. O segredo é guardar em mente aquilo em que você quer ficar focado e cuidar primeiro das tarefas do dia que são essenciais.

6. Controle sua mania de checar seus e-mails

Não se torne escravo do e-mail. Responder aos e-mails pode lhe dar a impressão de que está sendo produtivo, a ver os e-mails não lidos diminuir lhe dá a impressão de eficiência. Mas os e-mails desviam sua atenção das tarefas importantes. Antes de abrir seus e-mails pela manhã, pelo menos comece a cuidar das coisas mais importantes que você precisa resolver naquele dia.

7. Elimine reuniões desnecessárias

Você tem um problema com excesso de reuniões? Algumas pessoas passam oito horas por dia em reuniões; algumas fazem reuniões para preparar reuniões. Para dar conta das tarefas e poupar tempo, procure reduzir o número de reuniões das quais você participa. Experimente fazer isso durante uma semana e veja o que acontece. Coisas úteis a guardar em mente são que nem todos os problemas precisam de uma hora para ser resolvidos; as reuniões não precisam ter uma duração mínima predeterminada. Vale a pena também experimentar fazer reuniões sem cadeiras - serão menos demoradas, sem dúvida alguma.

8. Não adie as decisões difíceis

Quando há uma decisão difícil a ser tomada, não faça hora. Reúna as informações de que necessita e tome as decisões difíceis rapidamente.

9. Identifique suas ineficiências

Faça uma lista de todas as coisas que você faz que desperdiçam tempo sem beneficiar seu desempenho ou sua felicidade. Então tente limitar essas coisas.

10. Acerte sua programação mental

Como é o caso com a maioria das coisas, se você tiver a atitude mental certa, poderá realizar as coisas que quer realizar. Reprograme-se para dedicar seu pensamento à conquista do equilíbrio. Aprecie todas as coisas que foram bem em um dia e desenvolva seu senso de valor próprio a partir de mais do que apenas seu trabalho.

11. Táticas para quando as coisas ficam difíceis

Todos nós enfrentamos situações difíceis, e para sair delas de cabeça erguida, o segredo é ter a atitude certa. Cada revés é uma nova oportunidade de aprender alguma coisa.

Este post foi inspirado pelo livro que escrevi com Jordan Milne, Winning without Losing, que acaba de ser citado pelo Chartered Management Institute como "Livro de Administração do Ano" de 2014.

Galeria de Fotos Tenha um trabalho, mas também viva! Veja Fotos