OPINIÃO
28/03/2014 11:33 -03 | Atualizado 26/01/2017 21:16 -02

Não me preparei para envelhecer

A vida se renova a cada dia, e é preciso acompanhá-la. Quem não se interessa por isso é velho, mesmo que tenha 20 anos de idade.

Nosso processo de envelhecimento deveria ser um aprendizado do dia a dia. Deveríamos saber como envelhecer sem sentirmos medo disso. Todos nós ficaremos velhos um dia ou iremos morrer jovem.

Estou envelhecendo e não estou sentindo que me preparei para isto. Não estou me tornando mais sábia, ao contrário. Estou me sentindo, pela idade que tenho, infantil, imatura. Quem sabe mais pra frente um pouco eu me torne mais sábia.

Nesta altura da vida eu já deveria saber que o mais importante seria ter a minha autoestima em alta, fazer atividades físicas, procurar conhecimentos novos. Não faço nada disso e ainda reclamo que estou fora de forma, sem estima alguma.

Fui extremamente alegre, aproveitei muito da vida e agora que estou envelhecendo não quero fazer mais nada, porque me julgo velha. Afasto-me do convívio social, pois me acho totalmente deslocada. Quando estou com os mais novos parece que aprendo e não ensino.

Os jovens parecem zombar dos mais velhos (nesse caso de mim) quando quero participar das conversas, dos novos vocabulários, ou quando dou conselhos. Não me querem por perto. Isso porque vou completar 55 anos, imagina só quando completar, se completar, uns 75 anos.

Os mais idosos têm valor cultural, de conhecimento, experiência, beleza, sabedoria, história. Assim deveriam ser considerados os nossos velhos, e os jovens lá querem saber disso?

Já costumo esquecer as coisas, me distraio facilmente, esqueço nomes, e outras coisas. Acho que daqui pra pior. Por isso o medo de envelhecer sozinha, como estou hoje.

Penso nas coisas que construí, das pessoas com quem convivi e isso me parece muito distante, tão no passado. Será que realmente construí alguma coisa? Se tivesse construído teria medo hoje de envelhecer?