OPINIÃO
15/08/2014 17:11 -03 | Atualizado 26/01/2017 21:45 -02

Pais e pediatras adquirem mais conhecimento sobre a homeopatia

Getty Images

O medicamento homeopático é hoje uma opção dentro de um arsenal terapêutico à disposição de médicos de todas as especialidades. Pode ser utilizado como opção principal para tratar e prevenir diversas doenças ou mesmo com a função de complementar um tratamento já existente. Essa terapêutica tem sido cada vez mais aceita, inclusive, por médicos alopatas que os receitam em consultas, seja para crianças, adultos ou idosos.

A homeopatia foi desenvolvida pelo medico Samuel Hahnemann (1755-1843) e consiste em aplicar uma substância altamente diluída capaz de produzir efeitos semelhantes aos que o paciente apresenta. Baseia-se na lei natural da cura em que o "semelhante pode curar o semelhante". No Brasil é uma especialidade médica reconhecida pela Associação Médica Brasileira.

Novos estudos apontam que as crianças são extremamente sensíveis ao tratamento homeopático e por isso apresentam excelentes resultados em diversas patologias: gripes e resfriados, rinites e sinusites, tosses e até mesmo em distúrbios do sono. Com essa descoberta, os médicos pediatras possuem um campo amplo para novos tratamentos e excelente prospecção com os resultados.

A homeopatia nesse estágio humano pode ser de extrema importância, pois ao estimular o organismo a combater as doenças melhora-se também a defesa imunológica da criança. Consequentemente, o adolescente e o adulto que a sucederão, apresentarão uma qualidade de vida melhor.

Os medicamentos homeopáticos podem ser utilizados tanto em doenças crônicas quanto em doenças agudas. O mito de que a homeopatia demora a ter efeito é mesmo um mito. Devemos lembrar também que todas as opções terapêuticas têm limitações, seja na homeopatia ou na alopatia.

Esse tipo de medicação também já pode ser encontrada em grandes redes de drogarias e não apenas em farmácias de manipulação, como antigamente. Ambas são seguras, mas o fato de apresentarem-se como os remédios tradicionais e de seguirem as regras de fabricação, segurança e aprovação da agência reguladora, fez com que os medicamentos homeopáticos ganhassem maior aceitação de médicos alopatas.

Acompanhe mais artigos do Brasil Post na nossa página no Facebook.


Para saber mais rápido ainda, clique aqui.