OPINIÃO
10/09/2014 16:02 -03 | Atualizado 26/01/2017 22:02 -02

Homeopatia à disposição da população no Sistema Único de Saúde

A homeopatia é uma opção terapêutica disponível pelo SUS no Brasil. Ela foi incluída após a Organização Mundial da Saúde estimular o uso da medicina tradicional, complementar e alternativa, junto às técnicas utilizadas pela medicina ocidental moderna.

Getty Images
BERNRIED, GERMANY - JUNE 12: Globuli for the homeopathic treatment on June 12, 2012 in Bernried, Germany. (Photo Agency-Animal-Pictures/Getty Images)

A homeopatia é uma opção terapêutica disponível pelo Sistema Único de Saúde (SUS) no Brasil. Ela foi incluída após a Organização Mundial da Saúde (OMS) estimular o uso da medicina tradicional, complementar e alternativa, junto às técnicas utilizadas pela medicina ocidental moderna, com a observação, claro, dos requisitos de segurança, eficácia, qualidade, uso racional e acesso. É considerada uma medicina alternativa que não apresenta efeitos colaterais adversos.

A opção de tratamento foi aprovada pelo Ministério da Saúde, portaria nº 971, de 03 de Maio de 2006. O órgão público considera que a homeopatia é um sistema médico complexo de abordagem integral e dinâmica do processo saúde-doença, com ações no campo da prevenção de agravos, promoção e recuperação da saúde.

Para chegar a essa decisão, o Ministério da Saúde realizou um estudo com os cidadãos que utilizavam uma unidade do SUS em um bairro popular de Salvador, Bahia, que oferecia o tratamento à população desde 1986. Após essa pesquisa, que visava conhecer a natureza das queixas que motivaram os pacientes a buscarem a homeopatia, o órgão público concluiu que adotar a opção seria benéfico ao Sistema. Para que o sistema entrasse em vigor e funcionasse da maneira correta, foram usados critérios como:

  • Garantir que as condições essenciais à boa prática em homeopatia, considerando suas características técnicas, infraestrutura adequada e seus materiais, existam em todas as unidades;
  • Apoiar e fortalecer as necessidades básicas e específicas de cada unidade para que o tratamento homeopático funcione e atenda a demanda de cada lugar;
  • Estabelecer organização e funcionamento adequado para garantir serviços seguros, efetivos e de qualidade, de acordo com as necessidades já existentes nas unidades federadas;
  • Estabelecer intercâmbio técnico-científico com outras unidades com o objetivo de obter mais conhecimento e informações relativas às experiências no campo da homeopatia no Brasil e em países onde a alternativa esteja integrada ao serviço público de saúde;
  • Apoiar e fortalecer os serviços homeopáticos dentro dos ambulatórios, em emergências, unidades de terapia intensiva, centros de cuidados paliativos ou em enfermarias hospitalares onde a homeopatia pode atuar como tratamento complementar.

A homeopatia é mais uma opção dentro de um arsenal terapêutico que deve estar à disposição de médicos e pacientes. No Brasil, é também uma especialidade médica reconhecida pela Associação Médica Brasileira. Seus medicamentos são eficazes tanto em doenças crônicas como em doenças agudas, embora seja muito utilizada pelos pais que buscam alternativas para cuidar da saúde de seus filhos, sem causar desconforto ou colocar a saúde da criança em risco. Por serem extremamente sensíveis ao tratamento homeopático, elas apresentam excelentes resultados em diversas patologias, como gripes e resfriados, rinites e sinusites, tosses, entre outros.

Acompanhe mais artigos do Brasil Post na nossa página no Facebook.

Para saber mais rápido ainda, clique aqui.

TAMBÉM NO BRASIL POST:

Galeria de Fotos Drogas mais usadas do mundo Veja Fotos