OPINIÃO
18/06/2014 09:59 -03 | Atualizado 26/01/2017 21:43 -02

A Tocha Olímpica do Futebol (FOTOS)

Depois de cinco meses de viagem, finalmente a bola chega ao Brasil com a marca de 18.000 assinaturas. A última parada da viagem pelos 25 países antes de chegar ao Brasil foi na concentração da seleção uruguaia e na sequência uma escola pública com crianças com deficiência intelectual.

Divulgação

Talvez você não saiba, mas existem projetos nesta Copa do Mundo que realmente fazem a diferença, e este é um deles - Spirit of Football.

Claro que como não está amparado por patrocinadores poderosos ou vinculado à imagem de um jogador que estampa figurinha brilhante, não tem a projeção que merece. Mas nem por isso deixa de ser grandioso e significativo.

O Spirit of Football é uma associação sem fins lucrativos que surgiu na Inglaterra em 2002. Dois ingleses saíram com uma bola de futebol do Battersea Park em Londres e foram até o Japão, sede da Copa do Mundo juntamente com a Coreia do Sul. Durante a viagem visitaram vários países promovendo a união entre as pessoas, igualdade e fair play que somente um esporte universal como o futebol consegue atingir, em diferentes povos e em toda a sua diversidade. Durante o trajeto todas as pessoas (crianças, autoridades e jogadores) jogavam futebol e assinavam a bola, também conhecida como The Ball. A viagem se repetiu em 2006 para a Alemanha e em 2010 para a África do Sul. Depois de 12 anos de atividade, o projeto foi reconhecido como "A Tocha Olímpica do Futebol". Isto se deve ao fato de o Battersea Park ter sido o palco da primeira partida oficial de futebol jogado com as regras da Football Association, entidade que controla o futebol na Inglaterra.

O objetivo do projeto é resgatar o futebol de raiz, jogado nos quatro cantos do mundo, e focar em seus aspectos positivos. Durante todo este período a equipe do SOF já jogou futebol no Afeganistão, com monges tibetanos escondidos numa montanha na China, tribos africanas, moradores de rua em Nova Iorque, no meio da neve, dentro de uma mina de ardósia contra um time de mineiros e em centenas de escolas nos continentes europeu, asiático, africano e pela primeira vez em toda a América.

Depois de cinco meses de viagem, finalmente a bola chega ao Brasil com a marca de 18.000 assinaturas; superando o total de 17.500 assinaturas da bola de 2010. A última parada da viagem pelos 25 países antes de chegar ao Brasil foi na concentração da seleção uruguaia e na sequência uma escola pública com crianças com deficiência intelectual.

Estas viagens geram todo o conteúdo educacional que o SOF apresenta em vários workshops em escolas da Inglaterra, Alemanha e Brasil. O futebol é utilizado como uma ferramenta de transformação social e educacional.

Aqui no Brasil já estão ocorrendo vários eventos para promover a igualdade entre as pessoas. De clubes profissionais, escolas, comunidades carentes e o presídio em Franco da Rocha (abaixo), onde as bolas usadas nos workshops brasileiros e a da viagem foram feitas especialmente como resultado da parceria com o Projeto Pintando a Liberdade.

No Rio de Janeiro participarão do jogo entre o time do Zico (Legends) x Special Olympics, organização global que promove atividades esportivas para pessoas com deficiência intelectual e que este ano terá o primeiro mundial de futebol unificado a ser realizado na Malásia.

E olha só! Tudo isso é realizado com a verba e recursos dos próprios criadores e organizadores do projeto.

Um deles é o engenheiro agrônomo e empresário Fernando Godoy, que nasceu em Piracicaba, interior de São Paulo. Ele é o responsável pela viagem da bola nesta Copa do Mundo.

Junto com o neozelandês Andrew Aris, Fernando Godoy viajou por diversos países levando o espírito do futebol para comunidades carentes, chefes de estado e personalidades.

Não tem patrocínio, mas conseguiram uma legião de colaboradores que inspirados pelo projeto se juntaram ao time do Spirit.

Jogadores famosos e clubes como Barcelona, Corinthians, São Paulo, Liverpool, Borussia Dortmund, Genova e Benfica assinaram a bola e alguns fizeram seu depoimento em vídeo apoiando a iniciativa.

A banda inglesa New Model Army compôs a música tema do projeto - The Beautiful Game. E ela é fantástica! Vejam o vídeo clipe, feito aqui no Brasil:

Contribuição do Barcelona:

Outros tantos estão ajudando este projeto, não com dinheiro e sim com recursos próprios. É o caso da agência em que trabalho, a Flex Interativa. Cuidamos do marketing digital, conteúdo online, e prestamos suporte para toda criação artística do projeto.

E te digo, é uma honra trabalhar pra eles.

Futebol que une as pessoas sem bandeira de times, sem fronteiras, usando a bola como idioma universal pra dizer uma única mensagem - Somos todos de um time só!

Este é o verdadeiro espírito do futebol! One Ball One World!

Mais informações:

http://www.sofbrasil.com.br

https://www.facebook.com/SOF2014

Acompanhe mais artigos do Brasil Post na nossa página no Facebook.

Para ver as atualizações mais rápido ainda, clique aqui.