OPINIÃO
23/10/2014 17:37 -02 | Atualizado 26/01/2017 21:36 -02

Aqui em Roraima, o sujo fala do mal lavado e vice-versa. Os dois lados têm razão

Ninguém ganha eleição de véspera, mas a cada dia que passa a campanha da insossa candidata Suely Campos (PP) fica mais robusta. O carisma e a força política de Neudo Campos se mostrou capaz de construir uma campanha sólida daquela que parecia absolutamente improvável como candidata.

Ninguém ganha eleição de véspera, mas a cada dia que passa a campanha da insossa candidata Suely Campos (PP) fica mais robusta. O carisma e a força política de Neudo Campos se mostrou capaz de construir uma campanha sólida daquela que parecia absolutamente improvável como candidata.

Na quinta-feira (16), a campanha de Suely ganhou dois reforços de peso dentro do espectro político roraimense onde as forças de sempre se apresentam como mudança. Mecias e Jhonathan de Jesus, ambos do PR, se juntaram à campanha do 11. É a força da mudança para deixar tudo igual. Os lados da contenda política deste ano não apresentam nenhuma novidade, com exceção da própria Suely.

Sob essa aspecto da anunciada mudança, chega a ser hilário assistir os programa eleitorais do candidato Chico Rodrigues (PSB) pregando que ele, sim, é a força da mudança. Quem assiste à propaganda eleitoral deve sair mesmo convencido que Chico e o clã Jucá, juntos, representam alguma novidade para o Estado. Devem considerar o povo burro.

Porém, do lado de lá, na fortaleza dos Campos, tudo me parece absolutamente igual. O slogan igualmente hilário é "Salve Roraima". Como assim, Neudo Campos, um político considerado como um dos mais ficha-suja do país, com condenação que poderia leva-lo a 60 anos de prisão, vai salvar Roraima? Dá para acreditar? O pior é que no primeiro turno mais de 100 mil pessoas acreditaram.

Já disse outras vezes e repito agora: Roraima carece de lideranças políticas realmente dignas dessa de nominação. Daí sermos obrigados a assistir esse circo de horrores onde "o sujo fala do mal lavado" cada um acusando ao outro como de ser o mais corrupto e incapaz. Para piorar os rotos e os esfarrapados, ou seja, o povo, continua acreditando em estória da carochinha.

Uma coisa é certa. Quanto às críticas e acusações que as duas coligações fazem uma à outra, o fato é que ao fim e ao cabo as duas indistintamente estão cobertas de razão.

Acompanhe mais artigos do Brasil Post na nossa página no Facebook.

Para saber mais rápido ainda, clique aqui.

MAIS POLÍTICA NO BRASIL POST:

Galeria de Fotos Viradas históricas das eleições desde a redemocratização Veja Fotos