OPINIÃO
20/10/2014 09:59 -02 | Atualizado 26/01/2017 21:04 -02

Neymar será maior que Pelé

Eu sei que Pelé jogou em outra época, um outro futebol. Quem viu o rei jogar diz (corretamente) que não irá existir outro jogador como ele.

ASSOCIATED PRESS
Brazil's Neymar celebrates after scoring the forth goal during an international friendly soccer match in Singapore, Tuesday, Oct. 14, 2014. (AP Photo/Wong Maye-E)

Com os últimos quatro gols anotados no amistoso da seleção brasileira contra o Japão, Neymar se tornou o quinto maior artilheiro de todos os tempos da seleção. São 40 gols em 58 jogos, uma média de 0,68 gol por partida. Mas será que o ex-santista poderá superar Pelé?

Neymar Jr. saiu da Copa do Mundo de 2014 como um herói ferido em combate. Depois de sofrer uma falta violenta do Colombiano Zuñiga, teve sua participação encerrada na Copa devido a fratura de uma de suas vértebras. Mas o craque brasileiro superou o trauma.

Na última partida amistosa entre Brasil e Japão, o jogador do Barcelona marcou os quatro gols da vitória da seleção brasileira. Com esses quatro gols, Neymar agora é o quinto maior artilheiro da seleção com 40 gols. Está atrás de Pelé (77), Ronaldo (62), Romário (55) e Zico (48). Ele atinge a marca aos 22 anos, com uma extraordinária média de 0,68 gol por partida. A média só é menor que Pelé (0,83) e Romário (0,78). Então, será que Neymar está rumando para ser maior que Pelé?

Eu sei que Pelé jogou em outra época, um outro futebol. Quem viu o rei jogar diz (corretamente) que não irá existir outro jogador como ele. Eu mesmo fico imaginando como seria Pelé jogando no futebol moderno, tendo todo o avanço da medicina esportiva em seu favor, o marketing e o profissionalismo da carreira. Alguns podem até pensar que o rei não se daria muito bem, pois naquele tempo quem menos se lesionava já era craque. O fato é que fica impossível comparar jogadores que não viveram o mesma época.

Então seria uma falácia da minha parte compará-los. Por isso, os números e as estatísticas são importantes. Eles nos dão o suporte para entender (pelo menos) o que está prestes a acontecer com Neymar: se tornar o maior artilheiro de todos os tempos da seleção brasileira.

Aos 22 anos e 251 dias Neymar fez 40 gols. Pelé tinha 22 anos e 189 dias quando fez o seu quadragésimo gol com a seleção em abril de 1963. Neymar fez os 40 gols em 58 jogos. Ao passo que Pelé tinha jogado 36 partidas. Pelé vestiu a amarelinha pela última vez em 1971, tendo jogado 92 partidas em 14 anos. Neymar vestiu a canarinho pela primeira vez em 2010.

Se Neymar também jogar 14 anos pela seleção (até 2024, 32 anos) poderá participar de mais duas Copas do Mundo, duas Copa das Confederações, quatro Copas América e mais três Jogos Olímpicos. Desde que a Copa do Mundo mudou sua fórmula (1998), o Brasil tem uma média de seis jogos. Desde as mudanças de regulamento na Copa das Confederações (2005), na Copa América (1993), e nos Jogos Olímpicos (1992), o Brasil tem médias de cincos jogos por torneio.

Assim, sem contar com amistosos, Neymar ainda poderá jogar pelo menos 57 jogos pela seleção brasileira. Se ele continuar com a sua média (0,68), ao final desses jogos, Neymar terá 78 gols pela seleção. Ou seja, irá se tornar o maior artilheiro da seleção brasileira de todos os tempos.

Neymar Jr. já disse que não sabe qual o seu limite. Ele veste a camisa 10 e a braçadeira de capitão na seleção. Tal qual Pelé, iniciou sua carreira no Santos. Será que teremos um novo rei do futebol em 2024? Só o tempo dirá. Mas Neymar, é o único candidato.

Acompanhe mais artigos do Brasil Post na nossa página no Facebook.

Para saber mais rápido ainda, clique aqui.

VEJA TAMBÉM NO BRASIL POST:

Galeria de Fotos Robinho, um ídolo do Santos Futebol Clube Veja Fotos