OPINIÃO
03/09/2014 16:12 -03 | Atualizado 26/01/2017 22:02 -02

Ferramentas digitais para acompanhar criticamente as eleições 2014

Nessas derivas diárias internet afora, compilei alguns sites que, em época de eleição, podem ser úteis

Nessas derivas diárias internet afora, compilei alguns sites que, em época de eleição, podem ser úteis para se informar melhor sobre os candidatos. São projetos especiais de organizações jornalísticas, da sociedade civil ou ligados a universidades, que, em geral, trazem informação qualificada de forma mais fácil e divertida de acompanhar que matérias tradicionais no jornalismo. São úteis não somente para votar, mas, por exemplo, para não cair em qualquer meme falso da internet que, de tanto circular, pra alguns passa a ser verdadeiro. Ou então naquela pesquisa feita no calor de algum acontecimento que aponta nada mais que uma percepção momentânea, não um cenário complexo. Ou ainda naquela promessa bonita de ouvir, mas impossível de se concretizar. Ou para acompanhar os candidatos pós-eleições.

Em época de big data com toneladas de informação circulando pelas redes, processar, cruzar, contextualizar e dar sentido às informações parece ser um bom caminho para informar melhor. É o que fazem os sites abaixo:

Manchetômetro: acompanhamento diário da cobertura da grande mídia nas eleições. O produto final é uma análise sobre o quão favorável ou contrário são as chamada em relação aos presidenciáveis: http://www.manchetometro.com.br/

Preto no branco: ferramenta de análise de discurso e checagem do O Globo, que confronta promessas dos candidatos com as base de dados disponíveis, classificando o resultado como "falso", "verdadeiro", "contraditório", "insustentável":

http://oglobo.globo.com/blogs/preto-no-branco/

Truco! Criado pela Agência Pública de jornalismo, a ideia aqui é checar os dados mais relevantes apresentados pelos presidenciáveis durante os programas exibidos nas noites de terça, quinta e sábado. Eles podem "pedir o truco", um desafio público às campanhas para que expliquem promessas ou dados importantes aparentemente insustentáveis.Ou discordar frontalmente dos candidatos quando acharem suas propostas perigosas para a democracia e direitos humanos. Aí carimbam um "Que medo" e fazem uma materinha explicando por quê. Vale conferir: http://apublica.org/truco/

Promessômetro: A Folha de S.Paulo, com ajuda de especialistas, analisa as promessas dos presidenciáveis (por enquanto só tem Aécio Neves, Dilma Roussef e Marina Silva): http://www1.folha.uol.com.br/especial/2014/eleicoes/promessometro/

Monitor das Eleições: O projeto, criado por professores e alunos da UFPEL, é baseado em dados públicos, que são coletados de redes sociais (Facebook e Twitter) e agregados em gráficos, que são disponibilizados semanalmente neste site: http://monitordaseleicoes.org/site/

Boatos.org. Sabe aquela notícia de que o suntuoso Templo de Salomão, construído em São Paulo pela Igreja Universal do Reino de Deus, havia sido pichado por "vândalos"? Pois bem, era falsa: foi uma montagem de uma foto via Instagram que se propagou por um site conhecido por inventar notícias. É esse o serviço que o Boatos faz: esclarecer se aquela notícia compartilhada sem critério é, de fato, verdadeira. Não serve só pra época de eleições, mas nesse período é ainda mais importante. Mantido por uma equipe de jornalistas, tem tido bastante destaque (e acessos) desde a Copa do Mundo. E aceita colaborações: http://www.boatos.org/

Vote na Web. É uma ferramenta de "tradução" de projetos de lei em tramitação no Congresso aos usuários - que podem então votar a favor ou contra e emitir sua opinião. Mais do que isso: ele simplifica o debate, promove o debate, comunica os parlamentares e retorna aos usuários. Em 2014, conta com mais de 140 mil usuários cadastrados. http://www.votenaweb.com.br/

Projeto Brasil. Criado por uma startup, o Projeto Brasil é uma ferramenta que dá ao cidadão a oportunidade de conhecer, avaliar e comparar os candidatos com base em suas propostas, histórico eleitoral, profissional e pessoal, entre outros parâmetros. Para ajudar o eleitor a decidir o voto, criaram um teste cego no qual a recomendação é atribuir notas - de 0 a 5 - para as propostas dos presidenciáveis. Depois de uma rodada de notas, o sistema identifica a compatibilidade de suas convicções pessoais com os planos de governo. http://www.projetobrasil.org/

Newsletter Incancelável: Você coloca o nome dos seus candidatos e recebe as notícias mais relevantes sobre eles. Simples e prático, é uma iniciativa do projeto Newsmonitor: http://newsletterincancelavel.com.br/

Você conhece alguma outra que possa incluir nessa lista? É só acrescentar lá neste pad, onde já estão estas: https://pad.okfn.org/p/monitordeferramentasdigital2014

Acompanhe mais artigos do Brasil Post na nossa página no Facebook.

Para saber mais rápido ainda, clique aqui.

MAIS ELEIÇÕES NO BRASIL POST:

Galeria de Fotos Quem são os candidatos à Presidência Veja Fotos