OPINIÃO
19/02/2014 10:19 -03 | Atualizado 26/01/2017 21:04 -02

5 coisas que você pode esperar do novo filme do Capitão América

A pressão sobre esse próximo lançamento é alta, como acontece para toda nova investida envolvendo super-heróis no cinema após o gigantesco sucesso de "Os Vingadores: The Avengers". Veja o que esperar, em cinco tópicos.

Divulgação

Em evento realizado nesta terça (18), a Disney exibiu os 10 minutos iniciais de "Capitão América: O Soldado Invernal" (2014). Estrelado por Chris Evans e Scarlett Johansson, trata-se do segundo longa dos estúdios Marvel focado nas aventuras solo de Steve Rogers, o superpoderoso patriota norte-americano mais famoso dos quadrinhos. A pressão sobre esse próximo lançamento é alta, como acontece para toda nova investida envolvendo super-heróis no cinema após o gigantesco sucesso de "Os Vingadores: The Avengers" (2012). A produtora já havia mostrado um outro trecho inédito do filme no ano passado, durante a Comic Con de San Diego e em outros eventos selecionados. Como eu vi exibições dos dois conteúdos distintos, segue uma lista de cinco itens que podemos esperar da película, com base nesta amostra total de mais ou menos 15 minutos.

Claro, o aviso de SPOILERS (mínimos) vale a partir deste ponto.

1 - Mais referências aos quadrinhos (nerdgasmos múltiplos)

Logo após uma breve abertura, vemos Batroc, o saltador. Por se tratar de um vilão mais lado b das HQs, sua aparição é uma surpresa. No embate eletrizante entre o herói e seus aliados contra o criminoso e seus comparsas, ainda são mostrados mais alguns nomes familiares aos fãs que acompanham os quadrinhos. Se o resto da trama for tão recheado de homenagens, podemos esperar uma geek extravaganza para devoto nenhum botar defeito.

2 - Mais humor

O risco que qualquer roteirista corre ao escrever o bandeiroso é que o vingador favorito de Barack Obama pode ser levado a sério demais no papel de defensor oficial do american way, ocasionalmente tornando suas histórias panfletárias e tediosas. As cenas iniciais já ditam quem é o Steve Rogers retratado nos cinemas em 2014: um homem fora de seu tempo, resignado em não ser levado a sério por ser velho demais em espírito. As piadas em torno da falta de referências contemporâneas do Capitão são hilárias e trazem para o roteiro uma questão mais profunda e interessante: será que os ideais defendidos por Rogers ainda se aplicam ao mundo moderno? É possivel perceber a dúvida pairar na cabeça do protagonista, mas a reposta para essa pergunta tão sóbria promete vir recheada de momentos muito divertidos.

3 - Mais ação

Ok, até onde pude assistir, o sentinela da liberdade não chutou ninguém para um poço enquanto bradava "Isto é AMÉRICA", mas veremos um Capitão mais durão neste ano. É perceptível que as cenas de luta estão bem mais intensas (a coreografia das mesmas também é melhor; os embates que vi eram uma fantástica mistura de balé e treta cabulosa). O supersoldado é bem mais severo contra seus adversários, e a tensão dos combates vai manter os espectadores presos a seus assentos.

4 - Mais (ahem) incentivo físico visual

Se você gosta de garotas ou de garotos, não se preocupe. A dupla Chris Evans e Scarlett Johansson passou os últimos anos valorizando seus atributos de inspiração libidinosa para o deleite dos espectadores. Os preparadores físicos de Chris devem ter ficado muito satisfeitos com o índice de gordura corporal negativo do galã. A Nasa deve ter sido contratada para desenvolver um novo tipo de tecido para a sequência em que o ator aparece correndo para se exercitar: nunca uma roupa ficou tão justa no cinema desde que Angelina Jolie entrou naquele traje de mergulho para viver a Lara Croft de "Tomb Raider". Já a bela e voluptuosa Scarlett protagoniza aquele que talvez será o mais importante close de bumbum do cinema recente. Após a estreia do filme, seu traseiro será um grande meme deste ano (revivendo o glorioso ano de 2011, quando algumas fotos vazadas elevaram Jojo ao posto de dona da bunda mais importante do mundo). A participação do popozão é tão épica que transcende a língua portuguesa: é Freak le Boom Boom, e Bootylicious. É um sério caso de serving ass realness.

5 - Mais Viúva Negra

A protagonista feminina, claro, é bem mais que um belo par de nádegas. Scarlett Johansson parece mais confortável no papel da Viúva Negra do que nunca. A interação da heroína russa com o Capitão fuciona muito bem, provando que a promoção da personagem a coestrela é uma escolha certa e merecida. Nos momentos em que Natasha Romanoff está sozinha na tela, torna-se claro que um filme solo com a vingadora que veio do frio é um sucesso esperando para ser filmado. Se os executivos da Marvel tinham dúvidas sobre uma mulher poder liderar um blockbuster de ação, vamos esperar que o nome Katniss Everdeen tenha chegado a suas mesas.

Na conclusão, apesar de ser difícil julgar a obra toda apenas por um trecho, dá para dizer que "Soldado Invernal" causa muita antecipação e boas expectativas para superar o filme anterior da franquia.

O filme estreia no Brasil em 11 de abril. No elenco, além de Chris Evans e Scarlett Johansson, estão Robert Redford, Samuel L. Jackson, Anthony Mackie, Emily VanCamp e Sebastian Stan.