OPINIÃO
16/09/2014 14:22 -03 | Atualizado 26/01/2017 22:12 -02

10 coisas que sua filha deveria saber quando fizer 10 anos

Getty Images

1. Que ela é adorada. Não importa o quanto vocês discordem e mesmo que às vezes você possa gritar, ela deve saber que é o centro do seu universo -- sempre.

2. Cozinhar. Ela deve ser capaz de preparar lanches rápidos como ovos, macarrão, torradas, sanduíches, etc. Minha filha adora cozinhar, e deixar as crianças experimentarem reforça essa habilidade na vida.

3. As mudanças físicas virão, e o que deve esperar. Ela precisa saber que junto com essas mudanças hormonais também virão algumas mudanças emocionais. Eu comprei para minha filha um ótimo livro de American Girl chamado "The Care and Keeping of You", que explica em detalhe as mudanças físicas e emocionais de uma maneira muito fácil de compreender. Eu o recomendo muito, ou um livro parecido, para ajudar a explicar tudo o que vai acontecer com seus corpos nos próximos anos.

4. O perigo das drogas. Infelizmente, não importa onde você more, as drogas são uma ameaça para seu filho que já começa aos 10 anos em alguns casos. Explique-lhes em termos claros que nenhuma droga é segura de experimentar, nem uma vez. Faça-os compreender a tragédia que resulta do uso de drogas e como elas são perigosas e ilegais. Eu deixei claro para minha filha que amigos vão tentar convencê-la a experimentar e que ela tem de ser forte para recusar, mesmo que isso a torne menos apreciada. Eu também lhe expliquei que quando ela for mais velha e sair, se sentir que uma situação está ficando insegura ou deixando-a desconfortável, chame um dos pais para ir buscá-la de qualquer jeito.

5. Nessa idade é importante que eles saibam algo sobre os fatos da vida. Sei que é uma conversa dura de se ter, mas certamente você não quer que eles obtenham as informações no recreio da escola. Eu não acho que eles precisam de todos os detalhes, mas uma pequena conversa os ajudará a se sentir mais maduros em relação às funções corporais e evitará uma conversa crua sobre o assunto que eles poderão ouvir de outras crianças.

6. Eles devem saber que há pessoas em todo o mundo e mesmo em sua comunidade que podem não ser tão felizes quanto eles. Devem saber que ajudar alguém necessitado é uma sensação gratificante e que a ajuda que eles derem pode ser a força de que a pessoa precisa para melhorar o seu dia. Leve-os a um abrigo de animais ou um lar de idosos e deixe-os passar algum tempo como voluntários. Eles se sentirão muito bem quando tiverem terminado, e ajudar é um hábito que todos deveriam praticar a vida toda.

7. O dinheiro não cresce em árvores. Eu admito que sou definitivamente viciada em compras, mas me esforço para deixar claro para minha filha que nada vem de graça. Eu trabalho desde os 15 anos e isso me deu a oportunidade de fazer compras e viajar. Ela sabe que sem trabalho não há dinheiro nem diversão. Quando ela ganha dinheiro nos aniversários e nas férias, seu pai a ensinou a dividi-lo em três partes: uma para gastar, uma para emergências e uma para objetivos de longo prazo, como a faculdade. Ela tem três bancos separados de modo a não confundir seus fundos. É um bom hábito para eles adquirirem, e os ajudará mais tarde na vida.

8. A aparência é importante. Ela deve saber que os cuidados pessoais e roupas apropriadas para situações diferentes são algo que será necessário durante toda a vida.

9. Nem todo mundo será simpático. Minha filha está indo para a quinta série e está na hora de começarem todos os feios dramas das meninas. Isso já estava aparecendo um pouco na quarta série, mas eu prevejo que os próximos dois anos será quando eles realmente se tornarão cruéis. Eu já lhe falei que as meninas fofocam e como ficar fora do drama. Você tem de ser fiel a suas amigas próximas, não importa o que aconteça, e não se envolver em grupos que falem de outras meninas porque eventualmente eles falarão sobre você também. Tentei ensiná-la a ter confiança suficiente em suas opiniões, mas ter consciência dos causadores de problemas e não ter medo de relatar questões que pareçam perigosas, como bullying extremo ou ameaças.

10. A vida não é fácil. Haverá desafios que ela enfrentará que parecerão cruéis e impossíveis. Ela vai precisar de fé, de sua família e sua perseverança para atravessar algumas das coisas que a vida lhe oferecerá. É importante saber que a vida será uma série de altos e baixos, e estar preparada para lidar com ambos.

Aprender essas dez coisas é uma boa base para se começar os duros anos da pré-adolescência e adolescência. Ajudar os filhos a manobrar pela vida é a nossa função como pais, mesmo que ainda não tenhamos entendido tudo muito bem.

TAMBÉM NO BRASIL POST:

8 conselhos que toda mãe deveria ouvir