OPINIÃO
21/02/2014 10:07 -03 | Atualizado 26/01/2017 21:04 -02

Folia segura

Getty Images

Para quem planeja cair na folia neste Carnaval, uma dica básica é não esquecer de jeito nenhum a camisinha. Por mais incômodo que seja inclui-la no repertório erótico, é a única maneira de viver o prazer sexual sem o risco de se contaminar com as doenças sexualmente transmissíveis, especialmente a Aids.

Fazer o quê, então? Talvez uma opção seja, por exemplo, explorar as possibilidades de novas sensações que a camisinha pode trazer. Nas prateleiras das farmácias e das sex shops há preservativos com texturas diversas e variados tipos de lubrificação.

E há também ingredientes para incrementar a brincadeira, como os lubrificantes a base de água que podem ser aplicados na camisinha e que trazem sensação de aquecer ou de esfriar a região genital.

Sim, o sexo com camisinha pode ser divertido. Mas será preciso deixar a imaginação fluir e, principalmente, entender de vez que sexo prazeroso é aquele que garante saúde aliada ao divertimento.