OPINIÃO
15/06/2014 12:31 -03 | Atualizado 26/01/2017 21:43 -02

Tenha seu próprio <em>Mini-Me</em> por 179 euros (FOTOS)

Para aqueles com um ego e uma conta bancária mais avantajados, ao invés de uma miniatura com cerca de 10 cm, é possível contratar um modelo em tamanho real

De repente a selfie já não basta? Dois austríacos tem a solução: por 179 euros, você já pode comprar uma miniatura colorida de si mesmo para exibir na estante ou na mesa do escritório. Aberto pelos entusiastas por impressão 3D Bernhard Mayrhofer e Andreas Schwirtz, o VirtuMake FabberLounge é o primeiro estúdio de fotografia 3D de Viena.

No espaço à Lerchenfelder Strasse, na Josefstädtstrasse, menor e mais populoso distrito da cidade, 80 câmeras instaladas em círculo permitem escanear tanto objetos como corpos humanos e de animais. Agende uma seção, deixe sua imagem ser capturada pela parafernália e receba em 14 dias seu próprio Mini-Me.

"O mercado de impressão 3D ainda está dando seus primeiros passos. Como as impressoras ainda são extremamente caras, o maior potencial comercial continua na produção de objetos exclusivos", diz Mayrhofer. "Viena é uma cidade maravilhosa, repleta de cultura e artistas em todas as esquinas. Essa cena cultural, sempre muito ativa na busca de novas idéias e materiais, é o que suporta o desenvolvimento de iniciativas de impressão 3D na cidade."

Para aqueles com um ego - e uma conta bancária - mais avantajados, ao invés de uma miniatura com cerca de 10 centímetros, ainda é possível contratar um modelo em tamanho real. As estátuas são feitas de uma mistura de epóxi e resina plástica.

"Durante a sessão de fotos, você deve se sentir em casa. Nós podemos congelar qualquer cena, qualquer movimento. Adultos, crianças e até animais de estimação podem ser escaneados e impressos em 3D", garante Schwirtz.

O maior projeto da VirtuMake foi comissionado pela empresa de mobiliário suíça Vitra. Os 160 convidados presentes na abertura do showroom da marca em Viena foram escaneados e tiveram suas miniaturas impressas. A empresa também foi responsável pelo scan e posterior impressão de um modelo de 2,5 metros de altura da mão do artista plástico Jürgen Norbert Fux.

Acompanhe mais artigos do Brasil Post na nossa página no Facebook.

Para saber mais rápido ainda, clique aqui.