Opinião

O primeiro Dia da Discriminação Zero

Este sábado, 1, é primeiro Dia da Discriminação Zero. Essa nova data inaugurada pela Unaids vem de encontro com o objetivo da organização de zerar o número de novas infecções pelo HIV e de mortes em decorrência da aids
Esta postagem foi publicada na plataforma, agora fechada, do Colaborador do HuffPost. Os colaboradores controlam seu próprio trabalho, que são postados livremente em nosso site. Se você precisa denunciar este artigo como abusivo, envie-nos um e-mail.

Hoje é o primeiro Dia da Discriminação Zero. Essa nova data inaugurada pela Unaids vem de encontro com o objetivo da organização de zerar o número de novas infecções pelo HIV e de mortes em decorrência da aids. E isso só será possível sem discriminação.

Neste 1º de março de 2014, você já pode contribuir com a campanha. É só dar um like na página Facebook.com/ZeroDiscrimination ou escolher uma das borboletas símbolo da campanha e usá-la na sua foto de perfil no Facebook. Você também pode entrar na conversa no Twitter, com a hashtag #zerodiscrimination. Faça alguma coisa! Sem transformação, a discriminação não vai acabar.