OPINIÃO
03/06/2014 09:08 -03 | Atualizado 26/01/2017 21:43 -02

Pra frente, Brasil!

Reprodução

"A Taça do Mundo é nossa, com o brasileiro não há quem possa"...

Assim nasceu meu amor pela seleção brasileira e pelas Copas do Mundo, em 58 e 62.

"90 milhões em ação, pra frente Brasil, do meu coração, vamos juntos todos"... ampliou-se a paixão, no México, em 70.

Nunca torci contra, nunca vaiei, numa xinguei a minha, a nossa seleção do Brasil. Afinal, ela representa o povo brasileiro e o que ele mais gosta: o nosso futebol. A seleção do nosso Brasil na Copa não representa os gatunos das confederações, federações e da Fifa, muito menos os corruptos que temos em todos os níveis da nossa política. A nossa seleção representa o futebol amado do povo brasileiro.

Por isso, amigos, não podemos nunca torcer contra, fazer barricada, brigar, vaiar ou xingar a nossa seleção brasileira, que só queremos ver campeã do mundo, de novo - e pela sexta vez.

"A Taça do Mundo é nossa" e quando podemos ganhá-la no nosso país, com a força dos nossos gritos e corações, não podemos jamais envergonhar o nosso Brasil perante a opinião pública mundial - que é o que alguns estão fazendo, com a ampliação indevida por parte irresponsável da nossa Imprensa, da manifestação de algumas minorias.

Também sou contra a roubalheira e a incompetência comprovadas com esta Copa, mas não é culpa da seleção, nem do Felipão, nem da nossa espetacular torcida. Aquela que arrepiou o mundo cantando o Hino Nacional na final da Copa das Confederações, quando estraçalhamos o timaço da Espanha.

O que queremos? Ficar relembrando do Uruguai de 1950? Ou vibrar com o hexa? Protestar contra os corruptos? Que tal fazer isso pra valer, nas urnas, em outubro? Para que remar contra algo que pode ser uma imensa alegria para quase todos os brasileiros?

Claro que tem gente que não gosta da bola e que abomina a alegria coletiva. Mas, convenhamos, nós, brasileiros, não somos assim. Basta de chutar contra o nosso gol. Podemos vencer, conquistar e ser respeitados - como sempre fomos, pelo menos no mundo do futebol.

Pra frente Brasil, do nosso coração!

Acompanhe mais artigos do Brasil Post na nossa página no Facebook.


Para ver as atualizações mais rápido ainda, clique aqui.