OPINIÃO
19/11/2015 21:32 -02 | Atualizado 26/01/2017 22:31 -02

A batida do coração do mundo

Antes de termos nascido sob qualquer pátria, antes de terem nos ensinado como falar com Deus, antes de termos em nossa certidão que cor nascemos, somos todos humanos, iguais!

Antes de termos nascido sob qualquer pátria, antes de terem nos ensinado como falar com Deus, antes de termos em nossa certidão que cor nascemos, somos todos humanos, iguais!

Paris, Mariana... Em qualquer uma dessas tragédias tem um único agente: o homem!

Eu queria que o mundo pudesse se ver com os olhos do coração. Que pudessem ver o momento exato do desabrochar da flor.

O momento em que as nuvens se encontram pra fazer chover, e a terra assim germinar. Já pensou como é raro olharmos pra cima e agradecer?

Que pudessem ver através dos olhos das crianças, principalmente daquelas que não falam, e ver a natureza como a sua verdadeira mãe.

Eu tenho fé que possamos ver os momentos difíceis como aprendizado. Entender que compartilhar sabedoria significa somar e transformar.

Porque com os olhos do coração podemos ver sem rótulos, cores, pátrias, tamanhos, comparações. Com os olhos do coração a batida é outra.

Avante Guerreiros!

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS: