OPINIÃO
04/04/2014 17:27 -03 | Atualizado 26/01/2017 21:16 -02

Mulheres e homens: a incrível batalha sem fim

.

Dias atrás conversando com um amigo casado percebi o quanto os homens perpetuam uma guerra de poder, força e influência sobre as mulheres, elas por sua vez, não entram numa batalha para perder. O que achei mais cômico e interessante neste papo foi constatar que no fim das contas ELAS ganham no bom e velho ditado: "água mole em pedra dura bate até que fura".

O Advogado mental DELES:

Usamos qualquer pretexto para negar convites que envolvam sair com ELAS para comprar sapatos, cortinas, esmaltes, bolsas, entre outros itens que nos façam andar por mais de 5 horas no shopping. Para este caso, conseguimos fazer uma avó (já falecida), reviver e falecer, ajudar um amigo a encher a laje (que ainda assim no final, rola até um churrasco, melhor do que fazer compras), ou até mostrar receita médica de que estamos impossibilitados de fazer este singelo passeio.

Mas calma, quando queremos ver o futebol seja no domingo ou na quarta-feira, obviamente, que desejamos ver o jogo e não sair. Poxa, nosso time, nosso orgulho, e se eu não for possível assistir ao jogo, como iremos aloprar os colegas de trabalho no dia seguinte? Existe uma condição social que ELAS não conseguem entender.

Quando uma amiga do trabalho ou faculdade "curte" uma foto no meu Facebook, creio que ela está apenas mostrando o quão interessante e legal sou para você, não acho que ela esta dando em cima de mim, até mesmo por que estou contigo. E quando vejo uma mulher passando com uma roupa justa, claramente não quero olhar, mas é como se fosse o meu "instinto de homem" que involuntariamente age sem eu querer, fazendo com que eu olhe de cima a baixo, mas nem por este motivo ELAS precisam ter ciúmes disso.

Não conseguimos lembrar de elogiar o teu novo corte de cabelo, roupa, sapato ou até mesmo recordar das datas de aniversário de namoro, aniversário do dia em que tomamos o primeiro suco de laranja, numa lanchonete que não existe mais. Pois, achamos, que no primeiro encontro o mais interessante era reparar nas tuas mãos, teus olhos, corpo e para onde iríamos saindo dali.

A advogada mental DELAS:

Sabemos que ELES odeiam andar, mas é sempre bom ter alguém para dar uma segurança, ou até mesmo cuidar das sacolas de compras, pois na grande maioria das vezes queremos estar belas e arrumadas para ELES (será?). - Uma voz leve diz assim: "sabe a Ana? Ela comprou um salto alto lindíssimo na loja X, mas não ficou bem nela você não acha? Vamos comprar dois pares de sapatos, um esmalte, uma bolsa e um colar também para dar um brilho né? Coisa básica". Ops, voltando.

Nós não somos consumistas, somos criativas e claro, ELES podem dizer não para sair com a gente, nossos pêsames para a avó, que a casa do teu amigo fique arrumada e que vocês se curem logo desta "enfermidade", mas isso não ficará assim. Criamos um drama psicológico capaz de mostrar-lhes o quão irão se arrepender depois, damos a chance de vocês poderem estar ao nosso lado, por que está nítido que assim como o "instinto de homem" de vocês olha involuntariamente para uma mulher, o mesmo ocorrerá conosco. Podem ficar em casa, às vezes ter o ego trabalhado por "outro" nos dará a força que precisamos para nos sentir melhor a cada dia.

Não somos egoístas, sabemos que algumas coleguinhas da faculdade ou trabalho irão "curtir" vocês, assim como nosso personal trainer, amigos da faculdade, trabalho, curso de inglês e colegas de infância nos enviarão mensagens para dizer que estamos bonitas, gatas e se estamos livres para "tomar algo". Mas claro isso vocês homens, entendem não é nada demais.

Além disso, sabemos ser discretas, adoramos ver pernas, bunda e mãos, homens fardados, educados, inteligentes e que deixa no ar aquele perfume que nos faz ter os mais sutis pensamentos, assim como vocês, compartilhados com as nossas amigas.

O veredicto

As mulheres insistem e persistem isso é um fato, os homens pelo cansaço muitas vezes aceitam para não sofrerem com as represálias. As mulheres podem sofrer, mas deixam claro que depois de lagrimas derramadas não voltam por baixo. Mas os homens também sentem mesmo calados, sabem o valor que elas têm sobre a vida deles. Numa batalha para ver quem manda mais, e na brincadeira exposta acima, sabemos que ELAS ganham, pois ELAS são mulheres, mães, irmãs, amigas e antes também as flores deste jardim chamado planeta terra. E claro, homens são espertos e não querem entrar numa greve...