OPINIÃO
18/05/2016 17:03 -03 | Atualizado 27/01/2017 00:31 -02

A prática da paciência é essencial para viver bem

mladensky via Getty Images
Closeup of athlete female feet in running shoes jogging on the road early in the morning. Healthy lifestyle.

Em meio ao caos político, social e econômico que estamos enfrentando pode-se dizer que nada e ninguém tem a menor noção do quanto certas atitudes podem prejudicar o outro. Não estou aqui destacando posição partidária, e sim enaltecendo o quanto seja lado A ou B, de todas as formas, as pessoas estão desgastando a cada momento energia para defender a muito custo seus ideais (destaco aqui até mesmo ofendendo verbalmente raça, gênero ou ideologia).

Podemos abrir o diálogo, mas não somente ele deve ser aberto, precisamos amar SIM o diferente de nós, necessitamos SIM cuidar dos mais velhos - são eles a nossa história, devemos ensinar os mais jovens e ouvi-los também; e para todos os acima descritos, precisamos ter PACIÊNCIA.

2016-05-13-1463170851-9380733-TradingPatienceTime1.jpg

Não sou um comparativo de "calma", muitos amigos e conhecidos me acham de "bomba" por não ter muito "saco" para certas coisas, estou aprendendo com eles, com meus sobrinhos e afilhados (que são crianças), com a minha mãe que está envelhecendo e suas cobranças acerca de coisas que, para mim, são bobas, mas pra ela são muito importantes. Tenho aprendido aos 30 anos, que, minha energia tem de ser equilibrada e distribuída de forma moderada. A compaixão tem pouco valor se permanece uma idéia; ela deve tornar-se nossa atitude em relação aos outros, refletida em todos os nossos pensamentos e ações.

Temos 100% de "poder" (igual nos games) para gastar todos os dias, quando estamos cegamente discutindo com alguém e não paramos para ouvir e aprender, essa quantidade diminui de forma drástica pois, mente, corpo e alma estão voltados para esse momento. Por isso, você pode perder muito e a outra pessoa também, e me refiro a algo que não tem como comprar ou voltar atrás que se chama TEMPO.

Queira envelhecer com paz, não importa se tudo a sua volta esta um caos, permita-se que o seu "próprio mundo" tenha uma trilha só tua e um sentimento de reconstrução pessoal que não pode ser encontrado em nenhum outro lugar.

LEIA MAIS:

- O vermelho é o novo listrado?

- 'Atelier', série da Netflix, ensina como crescer no trabalho com elegância

Também no HuffPost Brasil:

5 maneiras de cultivar a felicidade