OPINIÃO
16/05/2014 09:58 -03 | Atualizado 26/01/2017 21:36 -02

Um ano do casamento gay no Brasil e o documentário "Vos Declaro"

O dia 14 de maio se tornou motivo de comemoração desde o ano passado, quando o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) aprovou a Resolução 175, que permitiu o casamento civil entre pessoas do mesmo sexo.

Getty Images

O dia 14 de maio se tornou motivo de comemoração desde o ano passado, quando o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) aprovou a Resolução 175, que permitiu o casamento civil entre pessoas do mesmo sexo.

De acordo com a matéria da Agência Brasil, a Associação dos Registradores de Pessoas Naturais do Estado de São Paulo (Arpen-SP) fez, em março, um levantamento que apontou 701 uniões homossexuais realizadas, desde maio do ano passado, em 58 cartórios da capital. Já no Distrito Federal, a Associação dos Notários e Registradores do Brasil (Anoreg-Br) registrou, desde que a lei fora aprovada até a última terça (13), 130 casamentos homo afetivos. A entidade pretende fazer outro balanço em nível nacional.

Hoje, um ano depois, me lembro do início das filmagens do documentário "Vos Declaro", que fizemos - meus amigos estudantes de jornalismo Ana Elisa Pinho, Anna Carolina Papp, Mariana Payno Gomes, Mayara Teixeira, Rafael Nascimento de Carvalho e eu - como projeto final da disciplina orientada pelo professor Renato Levi, da ECA/USP.

O documentário de quase 25 minutos intercepta diversas discussões àquela época sobre a legalização do casamento gay em lugares como França, e principalmente no Brasil, com depoimentos de dois casais homo afetivos, um que já havia feito a união estável e outro que pretendia se casar sob a nova lei.