OPINIÃO
05/02/2014 09:31 -02 | Atualizado 26/01/2017 20:51 -02

O que é mais civilizado: homem de terno e gravata ou de saias?

O herói da semana chama-se André Amaral da Silva, 41 anos, que jogou na cara de todos um teste de sensatez.

Impedido de entrar no prédio em que trabalhava usando bermudas, ele encontrou a solução que lhe pareceu mais razoável para enfrentar o calor do Rio, cuja sensação térmica ultrapassou 50 graus. No Rio, neste verão, surgiu a campanha para permitir o uso de bermudas nos escritórios, o que ainda enfrenta resistência.

André virou notícia nacional instantânea colocando uma saia, num protesto bem-humorado, inteligente e eficaz. Veja aqui mais detalhes: http://catracalivre.com.br/geral/emprego-trabalho/indicacao/no-janeiro-mais-quente-de-todos-os-tempos-funcionario-causa-furor-ao-ir-trabalhar-de-saia/

Faço hoje essa coluna apenas para mostrar a importância de pessoas como André que, com um pequeno, minúsculo gesto, é capaz de fazer a diferença.

Afinal é bem mais sensato usar, nesse calor, saia do que um massacrante terno e gravata, capaz de afetar ainda mais a produtividade.

Precisamos agora de mais gente como André para servir de exemplo sobre como não desperdiçar água para enfrentar, nesse calor, o risco de racionamento.

Basta lembrar que, apenas deixando a torneira fechada enquanto se escova os dentes, a economia é de 10 litros de água.