OPINIÃO
16/06/2014 09:41 -03 | Atualizado 26/01/2017 21:43 -02

Um trator azul arou o campo na Fonte Nova

Sim, Van Persie e Robben estavam em estado de graça e a Espanha sofreu um apagão monumental.

RAUL SPINASSé/AGÊNCIA A TARDE/ESTADÃO CONTEÚDO

Quando disse a meu pai, no almoço de sexta-feira (13/6), que haveria um Espanha e Holanda não esperava acontecer aquilo que vimos. Não sou um torcedor de La Roja, mas vislumbrava algo bem diferente. E se o famoso tiki-taka talvez pudesse estar com os dias contados como estilo espanhol de jogar, também me surpreendeu a prostração de sua eficiência diante do mecanismo holandês.

É verdade que a Espanha abriu o placar com Xabi Alonso cobrando pênalti - bem marcado pelo árbitro - sofrido por Diego Costa. E que no começo da partida Iniesta se apresentava como o comandante de sempre. O herói do título mundial de 2010 driblava, sofria faltas seguidamente e fazia jogadas magistrais. Na mais brilhante delas, deixou David Silva quase apenas com a incumbência de correr para o abraço. Ou para as câmeras. Infelizmente para o camisa 6 da seleção, nascia ali algo novo.

Na loucura do futebol, no país das maravilhas que mora dentro de todas as quatro linhas espalhadas pelo mundo, o goleiro Cillessen defendeu. Do alto de seu metro e 88 de altura, o jogador do Ajax foi o astro do lance. E não o contrário: diferentemente do que se costuma dizer, o atacante encontrou uma barreira a qual não conseguiu vencer. Ele não perdeu o gol.

Mesmo apupando injustamente o brasileiro Diego Costa, a torcida viu, a partir dali, uma onda crescer e inundar tudo. Ela se iniciou, aliás, em um golpe repetitivo e ao mesmo tempo inusitado. O lançamento longo era lei na Holanda até aquele momento, mas quem imaginava a plástica do que viria desta insistência? O jovem lateral-esquerdo Blind alçou a bola na área e Van Persie resolveu fazer história.

LEIA TAMBÉM:

- Reveja em GIF o gol mais INCRÍVEL da Copa: o holandês-voador!

Disse um amigo meu, no Twitter, que o atacante subiu e parou no ar como Dadá Maravilha. Já após a cabeçada, as imagens recuperadas mostraram nitidamente que ele caiu na grama como um Almir Pernambuquinho. Seu golaço de cabeça, por cobertura, foi uma mistura de habilidade e raça, gana e romantismo. O entusiasmo de iniciante na comemoração do craque de 30 anos, do Manchester United, não era para menos.

Ele faria outro em uma bobeada de Casillas e balançaria o travessão espanhol. Robben brilharia ainda mais. Para o camisa 11, a sexta-feira 13 foi só sorte. Transformou o campo da Fonte Nova em um quintal de Bedum, a pequena cidade holandesa onde nasceu. Marcou duas vezes e infernizou a defesa espanhola.

Deixou Sergio Ramos e Piqué para trás como se tivesse um motor propulsor. E como se fosse um garoto de 4 anos chamou o já lendário goleiro espanhol para o drible. O resultado disso tudo? Trenzinho nas arquibancadas com holandeses e brasileiros, com camisas do Bahia e bandeiras do Vitória, festejando um bom dia para o futebol.

Sim, Van Persie e Robben estavam em estado de graça e a Espanha sofreu um apagão monumental. A defesa de Cillessen, porém, foi a segunda oportunidade que a Holanda pressentiu ter de agarrar. Aquela chance da mulher amada, sabe? A porta da felicidade entreaberta novamente.

O contra-ataque fez do time azul um trator que poderia ter aplicado uma goleada ainda maior de 6 ou 7. E olha que o veterano Sneijder nem jogou tanto... Retomar a bola e sair em velocidade, hoje quase um A no bê-a-bá futebolístico, deu certo. Só que nem tudo é explicado por tática ou pela pasta de Louis Van Gaal.

Os mistérios do futebol estão sempre aí (e, no caso, as mãos de Cillessen também). Principalmente em Copas do Mundo. Como a Holanda renasceu entre as favoritas, não vestida de laranja ou se postando em campo como o Carossel de Cruyff e Neeskens, o mundo inteiro viu. É torcer agora para que o ocorrido tenha trazido novamente aos campos mais molecagem e menos crença em pedestais.

Da mesma forma como se espera que a Espanha possa se recuperar do baile.

Acompanhe mais artigos do Brasil Post na nossa página no Facebook.

Para saber mais rápido ainda, clique aqui.

MAIS COPA DO MUNDO NO BRASIL POST:

Galeria de Fotos O que o mundo está falando da Copa 2014 Veja Fotos