OPINIÃO
18/11/2015 14:48 -02 | Atualizado 26/01/2017 22:31 -02

O impacto de um evento

Os cabelos brancos (ou a falta deles) nunca me protegeram daquela sensação que sempre surge num projeto novo: "será que vai dar certo?". Ainda mais quando o projeto é o Sorriso do Bem.

Mas quer saber? Eu até gosto dessa sensação... me faz sentir criança novamente - aliás, este foi um dos nortes do evento: brincar como criança, sem esquecer dos problemas que estão à nossa volta.

Numa época em que parecemos retroceder, o SdB trouxe pautas que me pareciam ultrapassadas: racismo, preconceito à comunidade LGBT, formação de família... Só que, ao mesmo tempo em que me soava estranho discutir tudo de novo, quase enlouqueci ao ouvir tanta gente boa transformando o óbvio em reflexões profundas - e nos fazendo repensar nosso papel como cidadãos.

Cidadania, por sinal, foi a marca do evento. Seja como brasileiros se mexendo contra a corrupção, como mostrou a incrível palestra do procurador Deltan Dallagnol, seja como latino-americanos se auto afirmando perante o mundo, como bem explicou o historiador Fabio Humberg.

Teve ainda Juan Pablo Escobar, a consulesa francesa Alexandra Loras, os jornalistas Marcelo Tas, Leonardo Sakamoto e Bob Fernandes, os ambientalistas Eduardo Jorge e Fábio Feldmann, o consultor Sérgio Serapião, o historiador Adán García, Cláudia Durán, da Ashoka Brasil, Luíse Bello, do projeto Think Olga, Rogério Koscheck, da ABRAFH, e Elaine Cristina, da pastoral do Migrante... todos compartilhando um pouco de seus conhecimentos e nos ajudando a compreender melhor o mundo em que vivemos!

E para fechar com chave de ouro, promovemos um "Réveillon fora de época", no qual revelamos quem foi o Melhor Dentista do Mundo de 2015: O Dr. Eric Franco, de Brasília/DF, eleito por um júri da sociedade civil graças ao impacto de seu trabalho voluntário ao longo do ano.

Hoje, uma semana depois, ainda estou anestesiado com tudo o que foi dito e discutido... com o peso dos palestrantes e o que eles levaram à São Bento do Sapucaí, cidade que recebeu o evento... e, acima de tudo, com a repercussão disso tudo!

O Sorriso do Bem foi destaque no Jornal Hoje, da Globo, e na Folha de S. Paulo. Teve home especial no Universo AA, palestrante falando com a BBC. Jornalistas do México, Peru, Argentina acompanhado todo o evento.

E não é só isso... O Eric, sozinho, saiu nos jornais mais importantes de Brasília, onde mora - e de Bauru, onde nasceu. E o vencedor do concurso Estudante do Bem, Ericlene Farias, teve a pachorra de negociar a capa do jornal em Natal: "eu só saio se cinco dentistas forem cadastrados". Natalia Rampinelli, premiada pelo voto popular como representante da cidade mais solidária do mundo, foi recebida com carro de bombeiros em Armazém/SC. A TV TdB teve centenas de milhares de visualizações. Meu Facebook está uma loucura.

No fim, ganhei dor na lombar e nos pés. Minha careca está bronzeada de tanto sol na cabeça, mas eu estou muito feliz. DEU CERTO (com tudo em caixa alta)... Nunca fizemos um Sorriso do Bem tão impactante.