OPINIÃO
13/06/2016 16:26 -03 | Atualizado 13/06/2016 16:26 -03

2300 frames podem se tornar 2300 novos sorrisos. Quer saber como?

As coisas na Turma do Bem acontecem de um jeito único. Um dia, meu paciente da clínica, Ulisses Zamboni, disse que queria ajudar a TdB e tinha uma ideia para arrecadarmos recursos. Ele é presidente da Santa Clara, uma agência de comunicação muito procurada por grandes marcas.

Divulgação

As coisas na Turma do Bem acontecem de um jeito único. Um dia, meu paciente da clínica, Ulisses Zamboni, disse que queria ajudar a TdB e tinha uma ideia para arrecadarmos recursos. Ele é presidente da Santa Clara, uma agência de comunicação muito procurada por grandes marcas.

Por um lado, achei maravilhoso. Imagina? Não teríamos condições de pagar um trabalho dessa magnitude. Lidar com o terceiro setor é matar um leão por dia - ainda mais com a instabilidade política e econômica que o país passa. Sufoco!

Por outro, pensei "vai dar em nada. É só mais uma promessa". Não vou mentir... É que uma vez, outra agência prometeu um trabalho incrível, mas nunca saiu do papel.

Acontece, não é? Às vezes, a pessoa quer ajudar, conhece a TdB e se encanta... Mas nem todo mundo consegue disponibilizar tempo e responsabilidade para ser voluntário.

Entretanto, para surpresa da TdB, alguns dias depois, o Ulisses, o Fernando Campos, sócio e CCO, e toda a diretoria da Santa Clara trouxeram uma ideia incrível. A campanha Frame do Bem.

Eles não só criaram esta ação, mas também engajaram as duas maiores produtoras do Brasil... A Delicatessen Filmes e o S de Samba... O melhor disso é que não pagamos nenhum real por esse trabalho incrível.

O que é a campanha?

Trata-se de um vídeo de 1 minuto e 30 segundos e 2300 frames disponíveis para serem comprados por pessoas que se identifiquem com o trabalho da TdB. A campanha digital mostra imagens de um jovem coral triste, sem esperança e desanimado ao cantar a música "O Sorriso", doada pelo cantor Jairzinho.

Enquanto o vídeo passa, outra cena pode interromper a sequência. É o mesmo coral, a mesma música... Mas com um ritmo mais feliz e rápido. É que há um vídeo feliz por trás desse triste... Os frames desse filme alegre são destravados a cada doação!

O objetivo da campanha é mostrar o antes de um adolescente sem acesso à saúde bucal e o impacto que acontece na autoestima dele após o tratamento que é feito pela TdB.

Por que fazer parte da campanha?

Você pode causar esse impacto na vida desses jovens. A cada frame comprado significa também mais um jovem de 11 a 17 anos, de baixa renda, encaminhado para a cadeira do dentista.

Ou seja, se os 2.300 frames forem vendidos, 2.300 jovens voltarão a sorrir. Eles terão tratamento odontológico completo e gratuito até os 18 anos e você se torna o responsável por mudar a história deles.

Porque uma pessoa sem poder sorrir também é alguém que não sonha, que não estuda e não trabalha. São pessoas que sentem dor e vergonha. E ninguém precisa terminar uma história bem do jeito que ela começou, não é?

Como posso ajudar?

De duas formas. Você pode fazer sua contribuição no valor de R$ 144 (o custo operacional de cada jovem para a TdB), que pode ser parcelado, através do site www.framedobem.com.br. É só clicar no quadrado "Nos ajude a fazer diferença", do lado direito da tela.

Mas se você não puder doar, compartilhe a campanha no Facebook, no Twitter, no Instagram e em outras redes sociais. Isso faz com que mais pessoas vejam e ajude a TdB a mudar histórias através do sorriso.

***

Muito obrigado a todos que fizeram parte desse trabalho que traduz em algoritmos e números binários os sentimentos dos nossos jovens e faz com que a Frame do Bem seja uma campanha, além de inovadora, humana.

LEIA MAIS:

- Com este vídeo, você pode cuidar do sorriso de mais de 2000 jovens carentes

- Não é por Deus, não é pela família: É pelos desdentados

- Médicos, pacientes e o direito de dizer não