OPINIÃO
10/06/2015 18:40 -03 | Atualizado 26/01/2017 22:31 -02

#EuVoto: ferramenta online quer aumentar participação do cidadão na política

A implementação da ferramenta em municípios brasileiros pode significar um importante passo para o aprimoramento dos mecanismos de consulta à cidadania, tomada de decisões e construção de um diálogo social mais amplo e aberto, além de conectar e fortalecer a relação com experiencias que vêm sendo desenvolvidas em diversas partes do mundo (o #EuVoto é construído na Plataforma DemocraciaOS, desenvolvida inicialmente na Argentina, hoje utilizada em mais de 6 países).

reprodução

Em todo o mundo estão surgindo iniciativas que buscam aproximar os cidadãos da construção daquilo que é público, informando, ampliando os canais de participação e permitindo a construção colaborativa de soluções. A Internet aparece como coluna vertebral deste movimento de construção coletiva e colaborativa.

As diversas manifestações ocorridas nos últimos anos no Brasil (e no mundo) revelam um anseio da população por acompanhar mais de perto e participar de maneira efetiva das decisões e da construção do que é público. Este contexto cria um território fértil para a inovação e a construção de ferramentas que aproximam os cidadãos da elaboração, implementação e acompanhamento de políticas públicas.

Em diversos países, inclusive no Brasil, diversas soluções vêm sendo construídas e formando um novo ecossistema de abertura de processos e atualização das práticas de participação política. Novas ferramentas podem ser adotadas de forma espontânea pelos cidadãos ou implementadas oficialmente pelas instituições públicas.

A plataforma #EuVoto é uma das soluções inovadoras. Atualmente em uso apenas para projetos de lei da Câmara Municipal de São Paulo, permite que qualquer cidadão indique as opções "Sim", "Não" ou "Abstenção" e comente as propostas dos parlamentares. Cada vereador pode criar seu perfil para comentar as críticas, dialogar e incorporar as contribuições apresentadas. Os próprios usuários indicam quais comentários são mais relevantes. O acesso à votação pode ser feito pelo site euvoto.org ou em celulares e tablets.

A implementação da ferramenta em municípios brasileiros pode significar um importante passo para o aprimoramento dos mecanismos de consulta à cidadania, tomada de decisões e construção de um diálogo social mais amplo e aberto, além de conectar e fortalecer a relação com experiências que vêm sendo desenvolvidas em diversas partes do mundo (o #EuVoto é construído na Plataforma DemocraciaOS, desenvolvida inicialmente na Argentina, hoje utilizada em mais de 6 países).

Em toda crise, existem oportunidades. Na crise de representatividade que vivemos atualmente, aparecem inúmeras oportunidades de decodificar o sistema político e redesenhar os processos de participação cidadã e construção do público, promovendo um dialogo social mais amplo, renovando e fortalecendo as instituições e processos democráticos, na busca por cidades e regiões mais sustentáveis, dos pontos de vista social, ambiental, econômico, cultural e político.