MULHERES
04/06/2019 16:42 -03

O comercial da Nike que incentiva meninas a 'sonhar mais' com futebol feminino

Empresa disse estar preocupada com acusações contra Neymar, que aparece no vídeo, mas escolheu manter imagem do atacante.

Divulgação/Nike
Em vídeo, Makena Cook, de 10 anos, participa da Copa do Mundo de futebol feminino ao lado de de grandes nomes do futebol.
Não mude o seu sonho. Mude o mundo. Apenas faça isso.

É com este slogan que a Nike construiu sua campanha para a Copa do Mundo de Futebol feminina, que começa nesta sexta-feira (7), em Paris, na França.

Com a intenção de destacar o incentivo de meninas pelo futebol feminino, o comercial de três minutos coloca a jogadora mirim Makena Cook, de 10 anos, ao lado de de grandes nomes do futebol feminino no mundo.

Makena realiza grandes lances em jogos, escuta à técnica, acompanha jogadoras em entrevistas e sessões de foto e participa de outras ações do universo do futebol ao som da música Bad Reputation, da britânica Joan Jett.

A música diz: 

“Eu não dou a mínima para a minha reputação

Você está vivendo no passado, é uma nova geração

Uma garota pode fazer o que ela quiser fazer

E isso é o que eu vou fazer”

Insegura, Makena pega na mão de uma das jogadoras e começa a  viver experiências ao lado de atletas como Sam Kerr, da Austrália, Lieke Martens, da Holanda e Andressa Silva, do Brasil. Jogadores como Neymar Jr. e Philippe Coutinho, ambos da seleção brasileira, também estão no vídeo.

 Assista ao vídeo:

Batizado de “Dream Further” (Sonhar mais, em tradução livre), ao final do vídeo, a insegurança de Makena foi embora e ela entra oficialmente em campo ao lado de Sam Kerr. Assim, a marca incentiva meninas e mulheres a não mudarem seus sonhos, mas sim, sim mudarem o mundo.

A participação de Neymar no vídeo

Divulgação/Nike
Neymar participa de cena de campanha da Copa do Mundo de Futebol feminino na França.

Patrocinadora de Neymar e da seleção brasileira, a marca se manifestou pela primeira vez sobre as acusações de estupro que recaem sobre o jogador. Em nota, a empresa informou que está profundamente preocupada com o caso.

Na cena da campanha da Copa do Mundo de Futebol feminino, o atacante do Paris Saint Germain aparece jogando vídeo-game com o time da seleção feminina do Brasil. Segundo a Nike, o momento o comercial com o atacante será mantido no ar enquanto o caso for investigado.

Neymar negou as acusações e se defendeu publicamente em um vídeo no Instagram com conversas entre o casal, que mais tarde foi retirado do ar ― e fez com que o jogador fosse investigado por crimes virtuais. O caso segue sendo investigado sob sigilo.