ENTRETENIMENTO
30/10/2020 09:35 -03

Trailer de filme de Michael Bay que explora a pandemia não pegou muito bem

"Songbird" prevê um lockdown de quatro anos em Los Angeles devido a uma mutação do coronavírus em 2024.

Como se a covid-19 não estivesse continuando a devastar o mundo o suficiente, um thriller com tema de pandemia está chegando. Songbird, estrelado por KJ Apa e Sofia Carson, acaba de ganhar seu primeiro trailer.

Dirigido por Adam Mason e co-produzido por Michael Bay, o filme prevê um lockdown de quatro anos causado por uma mutação do coronavírus, a covid-23.

Songbird se passa em 2024 e segue um entregador chamado Nico (interpretado por Apa), que tem uma relação socialmente distante com Sara (Carson) em meio ao lockdown extremo. Quando Sara parece ter sido exposta à covid-23, Nico - que, ao que parece, é imune ao vírus - deve atravessar uma Los Angeles distópica para salvar sua namorada virtual antes que ela seja levada para um campo de quarentena assustador.

Demi Moore e Bradley Whitford completam o elenco do filme que já foi anunciado como “o primeiro longa a ser feito durante a pandemia em Los Angeles”.

Embora Mason tenha enfatizado os elementos românticos do filme, comparando-o a Romeu e Julieta em uma entrevista ao Entertainment Weekly, a resposta do público nas redes sociais foi bem menos sentimental.

Todos (exceto Michael Bay): Ai, eu realmente espero que essa pandemia não se estenda além de um ano.

Michael Bay: SEGURE A MINHA CERVEJA, CARA.

Esse trailer de #Songbird me deixou furioso... Milhões de pessoas estão mortas, mas, ei, o Michael Bay quer fazer um dinheirinho com isso. Também estou com muita vergonha de alguns bons talentos envolvidos nesse filme.

Estou canalizando minha ansiedade eleitoral em raiva desse filme idiota do Michael Bay

Dado o histórico de Bay como produtor de filmes de ação e suspense como Armageddon (1998) e Um Lugar Silencioso (2018), alguns sugeriram que a tragédia humana real da covid-19 não poderia ser traduzida dessa forma. 

Além disso, embora o filme retrate uma forma mutante da covid-19, a maioria dos personagens não parece estar usando máscaras ou tomando outras medidas de proteção no trailer.

“Esta é possivelmente uma das tentativas mais m... de lucrar com o sofrimento humano. Quem quer que faça esse filme deveria ter vergonha”, escreveu uma pessoa no twitter. “Isso não é necessário, nem desejado.”

Outra acrescentou: “É muito cedo! Ainda estamos no meio da pandemia. Quero distrações, não ser lembrado deste pesadelo.”

Pelo menos os produtores por trás de Songbird parecem ter levado em conta o impacto da pandemia na programação de filmes de 2020 e não definiram uma data de lançamento. E apesar das críticas, Carson acredita que o filme acabará por transmitir esperança para um mundo que ainda luta com as consequências da covid-19.

“Mesmo que este seja o thriller pandêmico e seja cheio de suspense e terror, o cerne de uma história é a esperança”, disse ela à EW. “É a esperança que está representada na personagem de Sara e no amor entre Sara e Nico. Em nossa noite escura sem fim, o pássaro canta uma canção de esperança.”

*Este texto foi originalmente publicado no HuffPost US e traduzido do inglês.