NOTÍCIAS
06/08/2019 13:44 -03 | Atualizado 06/08/2019 13:47 -03

Morre traficante que tentou fugir da prisão disfarçado de mulher

Clauvino da Silva foi encontrado sem vida em sua cela em Bangu 1.

Divulgação/Seap

O traficante Clauvino da Silva, 42 anos, foi encontrado morto em sua cela de segurança máxima na prisão Bangu 1, no Rio de Janeiro, na manhã desta terça-feira (6).

De acordo com informações da Secretaria de Administração Penitenciária (Seap), o traficante se enforcou. O corpo de bombeiros foi chamado para realizar o registro de ocorrência. Também será instaurada uma sindicância para apurar os fatos.

O detento tentou fugir do presídio Gabriel Ferreira Castilho, Bangu 3, no último sábado (3) usando uma máscara de rosto de mulher e vestindo roupas de sua filha.

Um vídeo, divulgado por autoridades prisionais, em que ele lentamente remove seu disfarce, viralizou na internet.

Após o ocorrido, o preso foi colocado em isolamento em Bangu 1.

Clauvino, que era conhecido como “Ronca” e “Baixinho”, cumpria pena de mais de 100 anos de prisão por tráfico de drogas. 

A tentativa de fuga

De acordo com a Seap, Clauvino teria contado com a colaboração de sua filha de 19 anos, Ana Gabriele, que fez visita ao pai no sábado para planejar a fuga.

Ele vestiu as roupas da menina para tentar sair da prisão. Ainda, usou um óculos de grau e uma máscara de plástico que teriam sido levados para a penitenciária por uma mulher grávida, já que ela não poderia ser revistada.

Após o plano ser descoberto, os agentes penitenciários detiveram o traficante, sua filha e mais 7 visitantes que estariam envolvidos no caso.

Clauvino já havia tentado escapar pelo sistema de esgoto do Instituto Penal Vicente Piragibe, no Complexo de Gericinó, em fevereiro de 2013. Porém, foi recapturado um mês após a fuga, na cidade de Angra dos Reis. 

Apesar das tentativas de fuga, o traficante não tinha maiores problemas disciplinares na instituição e era apontado como um “detento calmo” pela Seap.