Tamo Junto

Terapia de casal: Entenda como funciona o seu relacionamento

A terapia de casal não é só para quem está com problemas.

Você está em um relacionamento? Se a resposta é “sim”, está na hora de pensar em fazer terapia de casal.

Buscar aconselhamento profissional pode parecer besteira quando tudo vai bem, mas os terapeutas concordam que a terapia sempre é uma boa ideia, mesmo quando não há grandes problemas. (Existem até bons argumentos para se ir sozinho a uma terapia de casal, pode acreditar.)

A seguir, alguns terapeutas compartilham seis motivos pelos quais a terapia pode fazer milagres até mesmo para os casais mais estáveis e felizes

A terapia melhora a saúde física e mental do casal.

“Manter um relacionamento feliz e com uma conexão profunda é tão importante para a saúde quanto uma boa rotina de exercícios. Algumas pesquisas indicam que os casais infelizes têm mais problemas de saúde no geral. Já para os casais apaixonados, é o oposto. As pessoas bem-casadas, especialmente os homens, costumam ser mais saudáveis. Então, da próxima vez que você colocar sua roupa de ginástica, pense em trocar uma aula de spinning por uma sessão de terapia de casal para ficar mais saudável e aumentar a longevidade.” ― Laura Heck, terapeuta familiar e de casais de Salt Lake City, Utah

A terapia pode deixar um relacionamento que já é bom ainda melhor

“Sempre acreditei que a terapia não serve apenas para resolver relacionamentos problemáticos, mas também para deixar aqueles que já são bons ainda melhores. Os casais inteligentes sabem que a tensão e o estresse fazem parte de qualquer relacionamento, por isso trabalham para ter resiliência em vez de esperar os problemas surgirem e só depois trabalhar no processo de reparo. Já trabalhei com clientes que fazem um ou dois meses de sessões próximas a qualquer transição na vida: uma mudança de emprego, o nascimento de um bebê, um mudança de cidade, a morte de um familiar, etc. Eles vêm sempre que sabem que algo vai mudar, em busca de um ambiente seguro para conversar sobre medos, emoções, logística, críticas, tudo o que possa surgir com essa alteração. Nos encontramos, eles falam de suas preocupações, criamos uma estratégia, e eles se sentem mais preparados para o que vem pela frente. Sempre funciona muito bem.” ― Ryan Howes, psicólogo de Pasadena, Califórnia

A terapia aumenta a participação ativa no relacionamento.

“Na vida, trabalhamos para melhorar muitas coisas. Todo mundo tem um hobby, e muitos temos uma atividade profissional para a qual precisamos nos aperfeiçoar. Muitas pessoas fazem exercícios para manter a forma e a saúde. Mas, nos relacionamentos, esperamos demais dos nossos parceiros achando que não precisamos nos esforçar, o que é ingenuidade. Se sabemos que, em outras áreas da vida, precisamos praticar e buscar a ajuda de profissionais, por que não pensamos assim em relação à nossa vida amorosa? Os benefícios da terapia de casal são enormes: amor, sexo, felicidade, estabilidade financeira, saúde, e a lista continua...” ― Kurt Smith, terapeuta que trabalha com homens

A terapia ajuda na comunicação eficaz.

“A terapia é ótima para casais em todas as etapas do relacionamento, não só quando surgem problemas. Ela é uma maravilha para relacionamentos que estão começando. Os casais que fazem terapia melhoram as habilidades de comunicação e desenvolvem ferramentas que podem ser usadas em caso de problemas. Uma boa comunicação, sem mal-entendidos, pode cortar os desafios pela raiz e evitar que eles saiam do controle. A terapia de casal também pode ajudar os parceiros a aprender novas técnicas sexuais e a ficar mais à vontade para falar de sexo e preferências sexuais, algo que está fora da zona de conforto de muitas pessoas.” ― Laurel Steinberg, sexóloga em Nova York e professora adjunta de psicologia na Columbia University

A terapia é um espaço seguro para levantar questões que ainda não levantou com o parceiro.

“Pense em um comportamento um pouco irritante do seu parceiro, como deixar as luzes acesas ao sair de casa. Depois de um tempo aguentando isso, você vai começar a pensar que existem outras pessoas no mundo que nunca se esquecem de apagar as luzes e não gastam tanta energia. Procure a terapia de casal antes de chegar a esse ponto. Nunca é bom julgar o comportamento do parceiro de forma desfavorável e fazer comparações com outras alternativas, sejam reais ou imaginárias.” ― Danielle Kepler, terapeuta em Chicago, Illinois

Pense assim: você não espera seus dentes quebrarem num sábado para ir ao dentista.

“Todo mundo deveria ter um terapeuta de confiança, assim como tem um contador, um mecânico e um dentista. O pior momento para procurar um dentista é sábado à noite quando você quebra o dente mordendo um pistache. Mesmo se o seu relacionamento não está com problemas, é bom ter uma estratégia para conferir como estão as coisas e manter a conexão com o parceiro. Pode ser uma saída semanal ou uma atividade que os dois adoram, mas fazer terapia pode ajudar a expor perguntas que vocês não sabiam que precisavam ser feitas. Um bom terapeuta pode ajudar o casal a se aprofundar em questões surpreendentes e a priorizar o relacionamento. É muito mais provável que um casal chegue às bodas de ouro com estratégias intencionais para manter a saúde do relacionamento.” ― Zach Brittle, terapeuta e criador da série on-line de terapia de casal forBetter

*Este texto foi originalmente publicado no HuffPost US e traduzido do inglês.