ENTRETENIMENTO
27/08/2020 15:43 -03 | Atualizado 27/08/2020 15:43 -03

'Tenet', de Christopher Nolan, coloca à prova vontade do público de voltar ao cinema

Suspense de espionagem estreou em 70 países nesta semana.

Hollywood depositou na última quarta-feira (26) suas esperanças na estreia de Tenet, suspense de espionagem de Christopher Nolan que testará a saudade dos fãs de voltar às salas de cinema e resgatar uma indústria abalada pela pandemia de covid-19.

O maior lançamento desde que o calendário cinematográfico foi despedaçado em março — e o único dos grandes sucessos em potencial do verão no hemisfério norte a chegar às telas ainda nas férias—, Tenet foi lançado em 70 países na quarta, e estreia nos Estados Unidos na semana que vem.

O filme já conquistou alguns críticos, mas os fãs podem ser mais difíceis de convencer, dadas as mudanças na experiência de ir ao cinema.

Divulgação
John David Washington vive protagonista que precisa sobreviver em uma missão no mundo da espionagem internacional.

O ator Tom Cruise, cujo Top Gun 2 deveria ter sido lançado no início do verão, usou uma máscara para ir a uma pré-estreia de Tenet em Londres. 

“É ótimo voltar a uma sala de cinema, gente”, disse ele na terça. “Adorei”.

O crítico de cinema Kaleem Aftab disse que o longa, que custou à Warner Bros mais de 200 milhões de dólares, segundo reportagens, é exatamente o tipo de filme que a indústria precisa.

“Tenet é um ‘blockbuster’ inteligente feito com muito dinheiro, com grandes explosões e grandes reviravoltas, exatamente o que esperaríamos de Christopher Nolan, que fez filmes como Interestelar, A Origem e Dunkirk, opinou.

O novo filme de Nolan ainda não tem previsão de estreia no Brasil.

Assista ao trailer no player abaixo:

Eleições nos EUA
As últimas pesquisas, notícias e análises sobre a disputa presidencial em 2020, pela equipe do HuffPost