Quanto tempo o coronavírus vive na roupa — e como lavar suas roupas

Devo tirar a roupa todo dia quando chego em casa? Uma pessoa doente deve lavar sua roupa em separado?

À medida que as pessoas vão se conscientizando das precauções que devem tomar em função da pandemia do coronavírus, somos bombardeados de perguntas sobre como lavar e desinfetar artigos pessoais e da casa, incluindo nossas roupas.

As redes sociais estão repletas de muita informação enganosa no momento. Assim, pedimos a alguns especialistas (incluindo médicos e epidemiologistas) para tirar nossas dúvidas sobre roupas e o coronavírus.

É bom lembrar que ainda não foram feitas pesquisas suficientes sobre como o novo coronavírus interage com as roupas. Mas, se você tiver dúvidas sobre lavar roupas à mão ou na máquina, sobre lavanderias self-service ou outras e sobre a temperatura mais indicada para lavar suas roupas no momento, temos algumas orientações que você pode seguir com confiança.

Quanto tempo o vírus continua vivo sobre as roupas?

Segundo o Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC), o coronavírus geralmente é transmitido por gotículas respiratórias (emitidas por uma pessoa contaminada quando ela tosse ou espirra), mais do que por meio de objetos e materiais contaminados. Mas o CDC destaca que, segundo evidências, o novo coronavírus pode permanecer viável durante horas sobre superfícies feitas de uma série de materiais, entre os quais, nossas roupas.

Segundo a especialista em saúde pública Carol Winner, artigos de vestimenta podem conter gotículas respiratórias, já que os usamos todos os dias. Essas partículas podem secar com o tempo, inativando o vírus. Mas a secagem não vai necessariamente acontecer em pouco tempo, e, segundo ela, os cientistas estão aprendendo mais sobre esse coronavírus a cada dia que passa.

“Sabemos que a gotícula pode secar sob certas condições e que esse processo ocorre mais rapidamente com fibras naturais”, disse Winner ao HuffPost.

É importante desinfetar bem as suas roupas para evitar contaminações.
É importante desinfetar bem as suas roupas para evitar contaminações.

Alguns tipos de tecido são mais suscetíveis ao vírus que outros?

Robert Amler, reitor da Escola de Ciências e Prática da Saúde do New York Medical College e ex-diretor médico do CDC, disse ao HuffPost que o tempo que o vírus sobrevive sobre as roupas depende do tipo de tecido ou malha, já que alguns são mais porosos que outros.

“Alguns cientistas acreditam que as fibras dos tecidos porosos capturam as partículas de vírus, as ressecam e fragmentam”, disse Amler. “Já superfícies lisas, como couro ou vinil, podem ser limpas com um pano umedecido com um produto de limpeza.”

A médica familiar e de emergências Janette Nesheiwat sugeriu que o poliéster e materiais semelhantes à lycra podem conservar germes por mais tempo que os tecidos à base de algodão, que deixam a pele “respirar”. Por isso, é importante lavar leggings, roupas íntimas e vestidos com cuidado (explicaremos isso em mais detalhes mais abaixo).

“Tecidos como o poliéster ou a lycra retêm germes por mais tempo que tecidos à base de algodão, mas todos os tipos de tecidos podem ser contaminados”, disse Nesheiwat.

Com a evolução constante das informações e pesquisas sobre a covid-19, Winner destacou que por enquanto os estudos têm enfocado a capacidade do vírus sobreviver sobre superfícies como papelão, aço, cobre, plástico, como sobre maçanetas de portas e superfícies encontradas em áreas por onde passam muitas pessoas.

“O Instituto Nacional de Alergia e Doenças Infecciosas nos informou que alguns vírus podem permanecer ativos sobre plástico e aço inoxidável por 2 a 3 dias, sobre papelão por 24 horas e sobre cobre por 4 horas”, ela comentou. É bom não esquecer que alguns botões, zíperes e outras partes de nossas roupas podem ser feitas desses materiais.

Se você não tem acesso a uma máquina de lavar, lavagem das roupas à mão funciona?

Na ausência de uma máquina de lavar, Nanos disse que “tudo bem lavar as roupas à mão em casa”. Porém, ela disse, “é mais fácil e menos demorado lavar as roupas numa lavadora comum – isso é totalmente seguro e matará o vírus, mesmo que você lave suas roupas junto com as de uma pessoa doente”.

Lavar roupas em lavadora é mais eficiente para combater germes que lavá-las à mão.
Lavar roupas em lavadora é mais eficiente para combater germes que lavá-las à mão.

Com que frequência você deve lavar suas roupas?

Algumas pessoas esperam até juntar uma pilha grande de roupas sujas, mas Nano recomenda que as roupas sejam lavadas regularmente, especialmente se você ainda trabalha fora de casa ou esteve em locais com mais pessoas.

“O melhor é lavar suas roupas regularmente, como sempre”, ela disse. “Se você esteve em um local com muitas pessoas, é aconselhável tirar sua roupa ao chegar em casa e, por medida de segurança, colocá-la na lavadora ou na cesta de roupa suja.”

A recomendação se aplica também a casacos. Para Nanos, é aconselhável que sejam lavados com frequência.

“Você deve lavar seu casaco se utiliza os cotovelos ou mangas para tocar objetos usados com frequência e superfícies potencialmente contaminadas como botões de elevador, corrimões e maçanetas”, ela explicou.

“Não coloque água oxigenada sobre suas roupas”, disse Nesheiwat. “Mas existem sprays antigermes próprios para roupas que você pode utilizar.”

Devo tirar a roupa todo dia quando volto do trabalho para casa?

Como o objetivo é bloquear a exposição ao coronavírus, Amler recomenda que você troque de roupas ao chegar em casa se ainda estiver indo trabalhar diariamente ou transitando por ambientes com grande número de pessoas.

“Você deve trocar de roupa e lavar sua roupa sempre que outras pessoas tiverem tocado suas roupas ou que você tenha estado em locais com muitas pessoas”, ele explicou.

Mas, para Nanos, isso não quer dizer que seja preciso trocar de roupa na garagem para evitar contaminar outras roupas. Ela aconselha que se crie o hábito de conservar suas roupas potencialmente contaminadas em uma cesta diferente das outras.

“Como sempre trabalhei na área da saúde, sempre fiz assim, porque diariamente fico exposta a mais doenças infecciosas do que a maioria das pessoas”, ela explicou. “Por isso, concordo que esse é um bom hábito. Talvez não necessariamente tirar sua roupa na garagem, mas pelo menos criar o hábito de trocar de roupas e sapatos quando você chega em casa.”

Uma pessoa doente deve lavar sua roupa em separado?

Essa pergunta já deve ter passado pela cabeça de todo mundo, especialmente nas famílias com mais de duas pessoas.

“O melhor é sempre lavar em separado as roupas de uma pessoa doente”, disse Nesheiwat. “Roupas podem transmitir estafilococos, E. coli, influenza etc.”