Melhore a sua produtividade (e o bem-estar) com a técnica Pomodoro

A técnica Pomodoro foi desenvolvida por Francesco Cirillo nos anos 1980. Dá disciplina e gás para terminar o que está pendente, aumentando a sua produtividade e bem-estar.

A produtividade tem sido cada vez mais exigida dentro das empresas. Ao mesmo tempo, as possibilidades de distração aumentam exponencialmente. Além do colega ao lado que te chama para o cafezinho e da caixa postal inundada de e-mails, nossa atenção também é disputada pelas redes sociais e notificações recebidas pelo celular.

Apesar de a questão da produtividade ser antiga, é fato que o tema ganhou importância durante a quarentena. Afinal, dividir a atenção entre as tarefas do trabalho, a família e os afazeres domésticos é desafiador (para dizer o mínimo ;-) ). A falta de organização gera ansiedade e procrastinação. Eu mesma senti dificuldade para me concentrar no início do período de isolamento, mas consegui colocar minha lista de tarefas em dia quando descobri a técnica Pomodoro de gerenciamento de tempo. Os resultados foram tão bons que decidi compartilhar aqui no blog.

A técnica Pomodoro foi desenvolvida por Francesco Cirillo nos anos 1980. Ela consiste em dividir o trabalho em períodos de 25 minutos, separados por breves intervalos. Dá disciplina e gás para terminar o que está pendente, aumentando a sua produtividade e bem-estar.

Como funciona o método Pomodoro

A base do método é o gerenciamento de tempo. Tem o objetivo de aumentar a concentração, melhorar a produtividade, reduzir as interrupções, diminuir a ansiedade e saber quanto tempo você demora em cada atividade.

Divida suas atividades em blocos de 25 minutos, cada um deles representa um pomodoro e deve ser dedicado a uma única tarefa. Trabalhe de maneira concentrada e sem interrupções durante todo o tempo. Caso você termine antes do fim do tempo, é importante permanecer na mesma atividade. Use esse momento para revisar o que foi feito. Quando terminar, faça uma pausa de cinco minutos. Quando forem finalizados quatro blocos de trabalho, a pausa é maior e varia de 15 a 30 minutos.

Nos períodos de trabalho, fique extremamente focado, já nos horários de folga, é o momento de ir ao banheiro, tomar água ou café, conversar com o colega ou fazer qualquer coisa que não seja relacionado com as suas atividades do trabalho.

No começo é possível notar maior dificuldade para se concentrar totalmente. Por isso é importante anotar quando ocorrer alguma distração, para identificar se o problema é interno ou externo. O objetivo é utilizar essa informação para saber o que diminui o seu foco e aos poucos, ver uma evolução.

As interrupções internas podem ser um pensamento que desvirtua o foco da atividade ou a necessidade de responder uma mensagem no WhatsApp. Para evitar essas situações, é interessante deixar o celular no silencioso, desligar o wi-fi, desconectar as redes sociais e o que mais for necessário.

As interrupções externas são ligações, uma pessoa chamando ou novas demandas. É fundamental evitar a desatenção, exceto se houver muita urgência na resolução do caso.

Como aplicar a Técnica Pomodoro

1. Crie uma lista de tarefas do dia

No começo do dia anote todas as tarefas que devem ser executadas. Monte a sua lista como preferir. O importante é compreender sua própria organização no trabalho.

2. Execute as tarefas

Priorize qualquer atividade da sua escolha. Utilize um timer para controlar os 25 minutos do primeiro pomodoro. Você também pode usar algum aplicativo para essa finalidade.

3. Faça as pausas

O término do período de trabalho deve ser anotado com um “X” ao lado da atividade. Em seguida faça uma pausa de 5 minutos. Mesmo que a tarefa não esteja finalizada, faça a pausa e conclua o item no próximo período de trabalho. Uma regra importante é que um pomodoro nunca deve ter mais que 25 minutos. E caso algum período seja indevidamente interrompido, anule-o.

4. Anote as interrupções

As paradas internas e externas devem ser anotadas e o que as ocasionou precisa ser especificado. Por exemplo: se pensou em checar suas redes sociais ou pedir uma pizza, escreva exatamente isso.

5. Aprenda com os resultados

A adoção da Técnica Pomodoro, durante algumas semanas, permitirá entender melhor seu comportamento no trabalho. Você saberá se o que mais tira a sua atenção e quanto tempo leva para executar cada atividade. Com esse conhecimento, você passa a ter uma atuação mais focada para as suas demandas do trabalho.

O que percebi na prática foi que, além da produtividade e da disciplina, essa técnica proporciona uma sensação de bem-estar enorme por nos fazer concluir aquelas tarefas que não gostamos de fazer e muitas vezes procrastinamos. Meu ânimo aumenta muito após terminar dois blocos. Sinto mais vontade de produzir e finalizar as outras tarefas.

Espero que as dicas te ajudem a melhorar sua produtividade. Caso faça um teste, não deixe de me contar como foi sua experiência!

Este artigo é de autoria de articulista do HuffPost e não representa necessariamente opiniões do veículo. Assine nossa newsletter e acompanhe por e-mail os melhores conteúdos de nosso site.