NOTÍCIAS
14/09/2020 13:48 -03

Cientistas detectam molécula que indica sinal de vida extraterrestre em Vênus

A descoberta indica que os micróbios também podem habitar nosso vizinho mais próximo - e fornece um sinal tentador de vida potencial fora da Terra.

3quarks via Getty Images
Digital Illustration of Planet Venus

Uma descoberta da ciência indica que pode haver vida em Vênus. De acordo com um artigo publicado na revista científica Nature, um grupo de cientistas  detectou nas nuvens ácidas de Vênus um gás chamado fosfina, que indica que micróbios podem habitar o vizinho inóspito da Terra. 

Há apenas um planeta mais perto do sol do que Vênus e suas temperaturas de superfície chegam a até 480oC ― o que já havia feito com que a existência de vida lá fosse praticamente descartada. 

“Eu estou simplesmente pasma. Quer dizer, fizemos isso como um experimento interessante. Nunca pensamos realmente em detectá-lo” diz Jane Greavesda Cardiff, professora da University em South Wales e integrante do grupo de pesquisadores.

Então, o que exatamente eles encontraram?

Especificamente, os pesquisadores descobriram que as nuvens fortemente ácidas do planeta contêm um gás chamado fosfina - que na Terra pode ser produzido por organismos microscópicos que vivem em ambientes carentes de oxigênio.

Isso indica que os micróbios também podem habitar nosso vizinho mais próximo - e fornece um sinal tentador de vida potencial fora da Terra.

“A chave para o que descobrimos é a presença de gás fosfina nas nuvens de Vênus. Isso é muito inesperado porque a fosfina é um átomo de fósforo e três átomos de hidrogênio e há realmente muito pouco hidrogênio disponível na atmosfera. Pensamos que há um processo que o está produzindo e uma das possibilidades é que sejam pequenos organismos flutuantes”, di Greaves.

A equipe por trás do estudo identificou a fosfina usando um telescópio no Havaí e confirmou usando um radiotelescópio no Chile.

Eles também estudaram potenciais fontes não biológicas do gás, como vulcanismo e meteoritos, mas não pareciam viáveis.

A pesquisa continua para confirmar a presença de vida - ou encontrar uma explicação alternativa.