NOTÍCIAS
29/06/2020 18:25 -03

O sanfoneiro do governo Bolsonaro que reza cartilha conservadora e quer ser prefeito de Recife

O presidente da Embratur, Gilson Machado Neto, é amigo do presidente desde 2003, e suas declarações e vídeos têm chamado atenção da internet.

Reprodução Facebook Gilson Machado
Presidente da Embratur e mandatário se conhecem desde 2003.

Sanfoneiro e integrante de uma banda de forró eletrônico, o presidente da Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo), Gilson Machado Neto, voltou a ficar sob os holofotes das redes sociais nesta segunda-feira (29). Em um vídeo da Embratur no qual ele convida turistas a conhecerem o Brasil, ele foi zombado por sua pronúncia em inglês.

O humorista Marcelo Adnet, da TV Globo, postou o vídeo em sua conta no Twitter se referindo a “outros talentos” do “Gilson da Sanfona”:

O chefe da agência responsável pela promoção do Brasil no exterior respondeu a Adnet em tom indignado, insinuando que o humorista estava sendo preconceituoso. “Você tem alguma coisa contra o nordestino? Como pode os seus patrocinadores acompanharem essa sua atitude e ficarem calados?”, escreveu. 

Esta está longe de ser a primeira vez que Gilson Neto cai na boca do povo. Semana passada, ao ser convocado pelo presidente Jair Bolsonaro a participar da live semanal que ele faz às quintas-feiras, ele tocou sanfona e cantou a Ave Maria. Sua performance também ganhou a web e até mesmo em Portugal foi comentada. A deputada Joice Hasselmann (PSL-SP) tuitou trecho do programa:

Não ao turismo gay

Foi uma semana de polêmicas para Gilson Neto. Na última quarta (24), ele participou de uma live ao lado da ministra das Mulheres, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, em que se referiu de maneira no mínimo desrespeitosa aos gays. 

Ele resolveu dar sua opinião sobre a peça O Evangelho segundo Jesus, Rainha do Céu, encenada em Pernambuco há 2 anos. Segundo ele, a linha entre o sagrado e o profano ”é grossa”.

“Essa linha foi rompida, porque querer impor sua sexualidade perante a grande maioria de cristãos brasileiros é abominável. E, outra coisa: eu não tenho nada contra quem usa seu orifício rugoso infra-lombar para fazer sexo. Mas querer impor a sexualidade a uma grande maioria de cristãos e querer desvirtuar a forma que Jesus Cristo veio à Terra… Está escrito na Bíblia: Jesus Cristo nasceu, cresceu, foi crucificado e ressuscitou em forma de homem. Maria , sim, essa foi uma grande mulher, que acompanhou todo seu sofrimento”, disse Neto. 

Em 2019, Jair Bolsonaro chegou a dizer que o Brasil “não poderia ser o país do turismo gay”.

Gilson Neto tem uma banda de forró na qual toca sanfona cujo nome, Brucelose, foi inspirado em sua tese de mestrado. Ele é formado em veterinária. Brucelose é uma infecção bacteriana transmitida pelo homem a animais. 

Divulgação
Gilson Machado toca em sua banda, Brucelose

Neto é um dos integrantes do governo Bolsonaro mais próximos a ele - se conhecem desde 2003, tendo o presidente inclusive cogitado a indicá-lo ao Ministério do Turismo. O presidente da Embratur, inclusive, sempre que possível, abre espaço ao clã na agência, como mostrou o HuffPost em fevereiro. A agência vinha promovendo, por meio das notícias em seu site, o empenho de Flávio e Eduardo Bolsonaro no setor.

Com tanta proximidade, ele é um dos nomes cotados para defender o legado bolsonarista na eleição municipal deste ano, devendo concorrer à Prefeitura do Recife. 

Eleições nos EUA
As últimas pesquisas, notícias e análises sobre a disputa presidencial em 2020, pela equipe do HuffPost